Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

O Pensamento Estratégico

Flávio Moura
28 mar 2012 às 09:24
Continua depois da publicidade

Nos últimos anos, várias empresas cresceram extraordinariamente, enquanto outras estacionaram ou fracassaram. Algumas dessas companhias detectaram oportunidades, gerando mudanças, outras deixaram o tempo passar e não visionaram o futuro.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Precisamos entender que o desempenho obtido em dada empresa depende de quais ações são adotadas por ela e, principalmente, da percepção que seus gestores possuem acerca das oportunidades. É por isto que os principais líderes não podem se envolver totalmente na operação do dia a dia para apagar incêndios e perderem a capacidade de acompanhar continuamente as mudanças que ocorrem no ambiente externo.

Continua depois da publicidade


Além disto, para elaborarmos um bom planejamento estratégico, que já faz parte das melhores práticas organizacionais, precisamos desenvolver a capacidade de pensar estrategicamente. Não podemos analisar os dados do passado sem olhar para o futuro, tampouco deixar de ter competência e visão nesse ambiente de constante transformação.


É provável que nenhuma empresa tenha previsto no seu planejamento estratégico a recente crise econômica mundial, mas aquelas mais flexíveis, detectaram, analisaram e atenderam necessidades que surgiram em virtude desses problemas econômicos.

Continua depois da publicidade


O pensamento estratégico destina-se justamente à compreensão das relações entre os contextos internos e externos da empresa, suas ações, seu desempenho e não pode ser um exercício executado uma vez ao ano, mas sim uma constante na organização e na vida dos seus gestores. Portanto, deve estar enraizado na cultura, nas rotinas e na estrutura organizacional, caso contrário o planejamento estratégico poderá ficar condicionado apenas à alocação de recursos e seremos pouco flexíveis em caso de necessidade.


O argumento de que "as coisas estão acontecendo rápido demais para se pensar em estratégia" é, em muitos casos, uma desculpa para a ausência do pensamento estratégico. É necessário que exista uma consistência de comportamento ao longo do tempo, inclusive no desenvolvimento de equipes que gerem resultados dentro dos mesmos princípios.


É muito importante que os gestores entendam que as ações serão muito mais consistentes se existir uma maturidade estratégica na organização e que isso é uma questão de sobrevivência diante do ambiente competitivo no qual suas companhias atuam.


Não podemos deixar nossos planos de lado diante dos primeiros problemas e de uma cultura organizacional ultrapassada. É preciso ter uma visão clara do futuro e dos caminhos a serem seguidos.


Veja outros artigos sobre o assunto:

Caput Consultoria e Treinamento
(43) 3029-5000 - Londrina/PR
www.caputconsultoria.com.br


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade