Pesquisar

Canais

Serviços

- Divulgação/FPF
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Semifinal

Juiz 'pé quente' apita primeiro jogo entre Londrina e Coritiba; relembre arbitragens polêmicas

Auber Silva - Redação Bonde
10 abr 2015 às 20:18
Continua depois da publicidade

Árbitro da vitória do Londrina por 4 a 1 sobre o Atlético Paranaense na semifinal do Campeonato Paranaense de 2014, Selmo Pedro dos Anjos Neto volta a apitar uma partida decisiva do Tubarão nessa edição do torneio.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Ao lado dos assistentes Luiz Henrique de Sousa e João Fábio Brischiliari, o juiz foi escalado para o primeiro confronto entre Londrina e Coritiba, válido pelas semifinais do campeonato. O jogo está marcado para as 16h deste domingo (12), no Café.

Continua depois da publicidade


No ano passado, o Tubarão perdeu para o Furacão, na capital, por 3 a 1. Na partida da volta, em Londrina, ainda teve que ver a equipe adversária abrir o placar no primeiro tempo - precisaria, então, fazer quatro gols para avançar à final, tarefa cumprida com muita emoção e três gols do atacante Arthur, à época coroado rei.


Relembre jogos polêmicos entre Londrina e Coritiba


Nos últimos anos, a arbitragem vem sendo assunto recorrente após os confrontos entre os dois times. Lances polêmicos têm roubado o destaque que deveria ser dado a jogadas, gols e desempenho dos jogadores.

Continua depois da publicidade


No primeiro turno do Paranaense de 2012, Londrina e Coritiba jogavam no Café. O LEC vencia por 1 a 0, gol do meia Rodriguinho, até os 42 minutos do segundo tempo, quando Warlley saiu jogando errado e perdeu a bola para Rafinha. Após três chutes a gol, Everton Ribeiro conseguiu empatar a partida.


Pouco antes do apito final, o atacante Arthur invadiu a área de Vanderlei e foi derrubado pelo goleiro, mas o árbitro não viu penalidade no lance. Jogadores e comissão técnica do Londrina reclamaram muito após a partida, que terminou mesmo em 1 a 1.


No mesmo campeonato, mas agora pelo segundo turno, o jogo estava empatado em zero a zero quando o lateral-direito londrinense Ayrton cobrou escanteio no Couto Pereira. A bola quicou na frente de Vanderlei, que tomou um frangaço. O gol olímpico, no entanto, não valeu porque o bandeirinha Bruno Boschilia alegou que a bola havia saído de campo durante sua trajetória. O Coxa venceu o jogo por 1 a 0.


Em 2013, provavelmente a partida mais polêmica entre as duas equipes nos últimos anos. Os jogadores do Londrina reclamaram de três pênaltis não marcados pelo árbitro Felipe Gomes da Silva. Última do primeiro turno, a partida acabou com vitória por 1 a 0 do Coritiba, gol de Alex. Se vencesse, o Londrina estaria na final do campeonato.

Na edição 2015 do Paranaense, o Londrina perdeu novamente por 1 a 0, no Couto Pereira, após Rafhael Lucas converter pênalti polêmico cometido por Germano sobre ele. Mais uma vez, muita reclamação do lado alviceleste do confronto.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade