Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
UNIDADE DO JARDIM DO SOL

Após desabamento de forro, UPA de Londrina pode ser transferida para prédio na Faria Lima durante obras

Pedro Marconi Grupo Folha de Londrina
26 fev 2024 às 15:59
- Pedro Marconi/Arquivo Folha de Londrina
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O desabamento de parte do forro externo da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do jardim do Sol, na zona oeste de Londrina, voltou a reforçar a necessidade de manutenção do espaço, que apesar de ter menos de uma década de existência, já apresenta diversos problemas estruturais. Segundo o município, este transtorno em específico aconteceu em razão de uma limpeza que estava sendo realizada na caixa d’água. Ninguém se machucou e o local foi isolado para reparos, sem impactar nos atendimentos.


A licitação para reforma da unidade foi publicada, pela segunda vez, em janeiro deste ano. A abertura dos envelopes das empresas interessadas ocorreu no dia dois de fevereiro. O custo máximo é de R$ 1,6 milhão. Não foi publicizado em documentação pública a ata com as propostas das empreiteiras que estão participando do edital.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O certame ainda não foi finalizado, mas a projeção da secretaria municipal de Saúde é de que as obras iniciem ainda durante o primeiro trimestre deste ano. “Estamos finalizando a análise dos documentos das empresas que participaram da licitação e a expectativa é de que até março consigamos dar a ordem de serviço e, consequentemente, mudar a UPA para outra estrutura ainda a ser definida pela prefeitura”, afirmou o responsável pela pasta, Felippe Machado.

Leia mais:

Imagem de destaque
Saiba mais

Confira quais são os direitos do consumidor na venda da operadora de plano de saúde

Imagem de destaque
Veja os sintomas

Transmitida por mosquito, febre oropouche tem alta no Brasil

Imagem de destaque
Fique atento!

Doença de Chagas: Paraná divulga cartilha sobre prevenção e tratamento

Imagem de destaque
Sem condições

Médico acusado de trabalhar embriagado pula a janela para fugir da polícia em Mauá da Serra


O lugar que, por enquanto, tem mais chances de receber provisoriamente a unidade de pronto atendimento é um prédio que pertence ao hospital Evangélico, localizado na avenida Faria Lima, no jardim Alto da Colina, região oeste de Londrina. O espaço fica a cinco quilômetros de distância de onde hoje é a UPA, na rua Abelio Benatti. “A diretoria do hospital Evangélico tem se colocado parceira do município neste quesito para que possamos ocupar temporariamente aquela estrutura, que é uma estrutura de saúde, o que facilita muito a questão das adaptações”, explicou.


Os detalhes da negociação não foram divulgados. A reportagem procurou o hospital para comentar o assunto e o acordo a ser firmado com a prefeitura, porém, não houve retorno da instituição até a finalização da matéria.


CONTINUE LENDO NA FOLHA DE LONDRINA

Imagem
Saúde negocia transferência da UPA Sol para prédio na Faria Lima durante obras
Unidade foi inaugurada há menos de dez anos, porém, já apresenta problemas estruturais; município prevê início da revitalização em março
Imagem
Procon emite recomendação para combater altas de preços dos repelentes contra mosquitos
O Procon-PR expediu nesta segunda-feira (26) uma recomendação administrativa para entidades que representam farmácias, mercados, supermercados e demais fornecedores que comercializam repelentes.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade