Pesquisar

Canais

Serviços

- Gustavo Carneiro/Grupo FOLHA
Boletim diário

Com redução de leitos, UTI Covid-19 do HU de Londrina volta a ultrapassar 90% de ocupação

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
01 set 2021 às 10:58
Continua depois da publicidade

Os 100 leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do HU (Hospital Universitário) de Londrina registram 95% de ocupação e são esperados por 19 pacientes, revela a instituição em nota divulgada na manhã desta quarta-feira (1º). Na terça (31), a taxa era de 89%, com 24 pessoas na fila de espera. Desde o último dia 18 de agosto, a ala opera com menos seis leitos.

Continua depois da publicidade


Explicando a fila de espera pela UTI Covid-19 mesmo com o percentual de ocupação da ala não totalmente preenchido, a assessoria do HU informou à reportagem que, em alguns momentos, mesmo que hajam vagas disponíveis, pacientes podem estar no Pronto-Socorro e precisam de ambulância para a transferência. Algumas vezes, este manejo promove mais riscos à saúde do que manter a pessoa intubada no Pronto Socorro.


Os indivíduos precisam estar hemodinamicante estáveis para serem transferidos. Segundo o comunicado, o critério clinico avaliado determina se eles vão ou não para a UTI e, se forem levados sem condições de transporte, os doentes podem falecer.


Demais alas

Continua depois da publicidade


Já nas 96 vagas de enfermaria destinadas ao novo coronavírus, a taxa de uso é de 51%. Das cinco unidades de tratamento pediátrico intenso, 20% estão ocupadas.

Continua depois da publicidade


Em nota encaminhada à reportagem, o HU reitera diariamente o apelo para a população não procurar diretamente o atendimento no Pronto Socorro do hospital, "tendo em vista garantir que todos os pacientes que cheguem ao serviço recebam atendimento seguro, por meio de um fluxo organizado e regulado pelos organismos competentes".






Continue lendo