24/11/20
PUBLICIDADE
Dicas valiosas

Dor nas costas durante o home office? Saiba o que pode te ajudar!

Freepik
Freepik


O uso do home office se tornou muito frequente desde a chegada da pandemia da Covid-19. Por ser uma forma de evitar o contato com o vírus no ambiente de trabalho, esta alternativa foi adotada por diversas empresas. Mas ficar por muito tempo em frente ao computador pode trazer malefícios a saúde, como as dores nas costas.


Uma pesquisa realizada pela Fundação Oswaldo Cruz, em conjunto com a Universidade Federal de Minas Gerais e a Universidade de Campinas, apontou que 41% dos brasileiros desenvolveram dores nas costas durante a pandemia. De acordo com a fisioterapeuta Kássya Corrêa, a adaptação do home office atrelado com o sedentarismo tem relação com esses dados. "O fato de ficar trabalhando em casa, sentado, por um longo período de tempo, com certeza faz com que surjam sintomas osteomioarticulares. Uma pessoa, por exemplo, que iria trabalhar de ônibus, carro ou até mesmo a pé, mesmo sendo sedentária, acabava se movimentando durante o dia para poder chegar no trabalho”, apresenta.

A fisioterapeuta explica que nós tendemos a adotar posturas incorretas. Este ato faz o nosso corpo sentir e começar a reclamar. Porém, o sedentarismo não é o único a ter relação com estas dores. O fator emocional e psicológico é intimamente ligado com o nosso físico. "O estresse do home office e de saber que estamos vivendo nesta situação, com certeza contribui para o surgimento destes tipos de sintomas”. Por isso, segundo ela, é necessário equilibrar a mente e o corpo.

A sensação de cansaço, dores na lombar e na região do pescoço fizeram parte da rotina de Daniele Baio durante sua adaptação ao home office. A professora de educação física sentiu bastante diferença em sua saúde devido ao aumento de trabalho para conseguir incluir as tarefas virtuais aos seus alunos. "Com isso, fez com que eu ficasse um tempo muito maior em frente ao computador e sentada. E a minha cadeira não era de acordo com a altura, então não tinha uma ergonomia correta para a minha estrutura do corpo”, diz.

Em consequência de sua tensão de trabalho sendo maior, Daniele sentiu sua resistência física ficar afetada. Observando esta situação, ela começou a fazer uma prática de 30 a 45 minutos de exercícios diários em sua casa. "Comecei a seguir uma rotina de trabalho menor, no sentido de não ficar muito tempo na frente de um computador. Cumprir apenas aquele horário e se alguma coisa ficou pendente, fazer em outro dia”. A professora começou a fazer danças, alongamentos e a beber mais água, o que a ajudou bastante.


Quer dicas de alongamento? O Multi Fit dá uma força pra você que improvisou um home office na quarentena. Dayane Camillo traz dicas de alongamento pra aliviar as dores no corpo. Assista!

De acordo com a fisioterapeuta, não é uma regra que vai acontecer com todos, mas estas dores podem evoluir para algo mais grave. "O nosso corpo é totalmente interligado, então um músculo que esteja funcionando de maneira incorreta, mais encurtado por ficar mais tempo inativado ou em uma má postura, pode tencionar estruturas ao redor dele”.

Ela cita como exemplo o músculo psoas, que é considerado o músculo da alma por passar perto de muitas estruturas internas do nosso corpo. "Quando a gente fica muito tempo sentado em uma única posição, esse músculo tende ficar encurtado. Ele uma vez encurtado, vai tencionar outras estruturas ao redor que tem ligação com o diafragma, o músculo principal da respiração”, explica.

Freepik
Freepik


Para evitar que aconteçam estas dores nas costas devido ao home office, a fisioterapeuta indica fazer pausas. A cada trinta minutos se alongar e não ficar por muito tempo sentado na mesma posição. E ainda incentiva, "agora, neste tempo de pandemia, apareceu muita coisa legal para ajudar justamente estas pessoas que estão ficando muito tempo em casa. Não tem desculpa para não se movimentar”.

Apesar de várias alternativas, é preciso tomar bastante cuidado para não fazer movimentos exagerados. Se a dor persistir mesmo com os exercícios, o indicado é procurar profissionais, como os fisioterapeutas, que saibam avaliar e diagnosticar o seu problema.

*Sob supervisão de Fernanda Circhia.
Giulia Vibosi - Estagiária*
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
Continue lendo
Coronavírus

Brasil se aproxima de 170 mil óbitos por Covid-19

24 NOV 2020 às 08h04
Boletim da pandemia

Boletim de Londrina cita três mortes e 54 novos casos de coronavírus

23 NOV 2020 às 18h44
Boletim da Sesa

Paraná registra 707 casos e 27 mortes pela Covid-19 nesta segunda

23 NOV 2020 às 17h14
Estudo clínico

Butantan anuncia que testes da CoronaVac chegaram à fase final

23 NOV 2020 às 16h44
Pandemia no mundo

É relatado novo caso de reinfecção de Covid-19 na Coreia do Sul

23 NOV 2020 às 11h40
Tome cuidado!

Objeto pendurado em sacada ou janela pode causar acidente

23 NOV 2020 às 11h04
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados