Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Comum no tempo frio

Dor de garganta: conheça os sintomas e saiba quais tratamentos são indicados

Reportagem Local
27 mai 2024 às 09:15
- Reprodução/Canva
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Com a chegada de períodos mais frios, o número de pessoas com queixas respiratórias e dor de garganta aumenta em todos os hospitais e unidades de pronto atendimento em saúde. 


A grande dúvida dos pacientes é sobre o significado dos sintomas e quais as principais medidas que devem ser tomadas em cada caso.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A médica otorrinolaringologista do Hospital São Marcelino Champagnat, em Curitiba, Gabriela Moraes, esclarece as principais diferenças. 

Leia mais:

Imagem de destaque
Vivência do mountain bike

Alvo Bike terá palestra sobre alinhamento do corpo e da mente no ciclismo

Imagem de destaque
Síndromes, câncer...

Saiba quais são as doenças que provocam as piores dores, segundo especialistas

Imagem de destaque
Alerta

Com avanço da febre oropouche no país, Saúde reforça investigação de microcefalia em bebês

Imagem de destaque
Aparelhos adulterados

Análise encontra anfetamina na composição de cigarros eletrônicos em SC


“A maioria dos casos de dor de garganta é causada por infecções, sejam virais ou bacterianas. Quando a infecção é causada por vírus, a dor de garganta é acompanhada por sintomas nasossinusais, como obstrução nasal, coriza, espirros e tosse, podendo ou não apresentar febre. Já as infecções bacterianas normalmente apresentam apenas a dor de garganta e febre como sintomas”, detalha.

Publicidade


SINTOMAS


A especialista explica que mal-estar e dor no corpo são sintomas comuns nas duas infecções. Quando a dor de garganta persiste por mais de três semanas, no entanto, deve-se investigar com mais cautela. 


Leia a reportagem completa na FOLHA DE LONDRINA:


Imagem
Dor de garganta: confira sintomas e tratamentos
Entenda as diferenças entre dor de garganta viral e bacteriana e saiba quando buscar atendimento médico, com orientações da especialista Gabriela Moraes.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade