30/07/21
PUBLICIDADE
De olho na Covid

Cuidados para prevenir doenças respiratórias são essenciais com tempo frio e seco

Divulgação
Divulgação


Os cuidados com as doenças respiratórias no inverno devem ser redobrados. Medidas simples podem aliviar os sintomas das rinites alérgicas, asma, gripe, sinusite e bronquite, que tendem a agravar nesta época em que a umidade relativa do ar fica mais baixa

De acordo com a coordenadora do curso de enfermagem da Unopar, Maria Helena Mattosinho, a diminuição da umidade, que é uma das características do inverno, acaba causando o ressecamento da pele e das mucosas, favorecendo as manifestações alérgicas e doenças respiratórias. "Nessa época do ano, por conta da baixa umidade, existe uma redução dos mecanismos de defesa do organismo, o que propicia o aparecimento de doenças respiratórias. No frio, o transporte do muco, que é uma barreira natural de defesa para as vias aéreas inferiores para as superiores, fica comprometido, fazendo com que as doenças respiratórias apareçam com mais intensidade”, explica.

A especialista explica ainda que, em Londrina, as chuvas estão abaixo do esperado e a população já começa a sentir os primeiros efeitos da estiagem com a diminuição da umidade. O problema é ainda mais grave em julho, com a chegada do inverno. "Estamos com chuvas muito abaixo do esperado e isso gera uma queda da umidade do ar, gerando dificuldade para respirar. Além disso a pele fica ressecada. Uma dica muito importante é priorizar a umidificação do ambiente e a ingestão de muito líquido, para evitar uma doença respiratória”, diz.

A profissional de saúde acrescenta ainda que a atenção deve ser redobrada, principalmente porque, em muitos casos, os sintomas são parecidos aos da Covid-19. "Esse é o segundo inverno que enfrentamos em meio à pandemia da Covid-19. É de extrema importância manter os cuidados e ficar atento ao próprio histórico de doença, ou seja, mesmo pessoas que não tem doenças respiratórias previamente diagnosticadas podem perceber como o organismo reagiu nos anos anteriores, pois é um padrão essas doenças se manifestarem nesta época do ano”, completa.

A professora destaca que muitas pessoas acabam optando pelo uso de suplementos vitamínicos para reforçar o sistema imunológico, porém ela orienta que o uso desses medicamentos só seja realizado com orientação médica. "As vitaminas e suplementos auxiliam na melhora da imunidade, porém é necessário realizar exames laboratoriais para saber qual a atual dosagem desses componentes no nosso organismo e se estamos precisando da complementação. A avaliação e indicação médica são essenciais na escolha da melhor suplementação para deixar sua imunidade em alta. Uma alimentação saudável, rica em nutrientes, também contribui para a imunidade”, explica.

Para diminuir os efeitos do inverno, a enfermeira indica alguns cuidados que podem ser tomados para aliviar sintomas, evitar doenças respiratórias e passar pelo período com mais conforto:
•Mantenha o organismo hidratado;
•Vacine-se anualmente contra a gripe;
•Evite fumar ou se expor a ambientes com muita poeira ou fumaça;
•Mantenha o ambiente arejado. As bactérias ficam concentradas em ambientes fechados, por isso é importante evitar esses locais fechados;
•Evite o contato com pessoas gripadas ou com resfriados, pois essas doenças são adquiridas pelo ar;
•Mantenha a respiração sempre pelo nariz e não pela boca, pois as narinas têm a função de filtrar o ar e aquecê-lo;
•Lençóis, edredons e roupas devem ser expostos ao sol e lavados sempre que necessário ( pessoas que já possuem problemas respiratórios como bronquite, asma e sinusite devem evitar o contato com bichos de pelúcia, tapetes e produtos que possuem pelos);
•A alimentação deve ser balanceada com sopas e caldos ricos em verduras e legumes. As frutas são essenciais, principalmente aquelas que contêm vitamina C, como a laranja. Elas ajudam a prevenir gripes e resfriados.
Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
Continue lendo
Boletim diário

Paraná confirma mais 83 mortes e 2.274 infectados pela Covid-19

30 JUL 2021 às 15h51
Imunização

Maringá vacina população de 33 anos nesta sexta

30 JUL 2021 às 14h06
Hospital de referência

HU celebra jubileu com vídeos de memórias e logotipo especial

30 JUL 2021 às 11h15
Novas remessas esgotaram

Vacinação contra Covid está suspensa em três capitais

30 JUL 2021 às 09h44
Saiba quais são

Sintomas da Covid podem se confundir com os de gripe e resfriado

30 JUL 2021 às 09h02
Pandemia

Brasil completa 190 dias seguidos de média móvel de mortes por Covid acima de 1.000

30 JUL 2021 às 08h08
Veja mais e a capa do canal
JORNAIS
Folha de Londrina
TELEVISÃO
MultiTV Cidades
OUTRAS EMPRESAS
Grafipress
RSS - Resolução máxima 1024x728 - () - Bonde - Todos os direitos reservados