Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Manutenção de hábitos saudáveis

Dias frios: alimentação deve manter legumes e frutas e dispensar ultraprocessados

Redação Bonde com AEN
12 jun 2024 às 17:59
- Valter Campanato/Agência Brasil
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O mês de junho inicia a estação mais gelada do ano, assim, é normal que muitas pessoas mudem a rotina alimentar para se manterem aquecidas. Dentre as mudanças de hábito estão a diminuição do consumo de legumes, verduras e frutas e a redução de ingestão de água. 


Elaine Cristina Vieira, nutricionista e coordenadora de Promoção da Saúde da Sesa (Secretaria de Estado da Saúde), lembra que o sistema imunológico do corpo humano funciona a partir de uma série de reações que dependem dos nutrientes ingeridos por meio de alimentos de qualidade. 

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Assim, ela enfatiza que é importante manter hábitos saudáveis a partir do consumo de alimentos in natura ou minimamente processados, como as hortaliças, legumes, frutas, além de arroz, feijão, grãos integrais, carnes magras, ovos, batata e mandioca.

Leia mais:

Imagem de destaque
Melhor resposta epidemiológica

De janeiro a junho, Lacen processa 13.298 amostras de vírus respiratórios

Imagem de destaque
Atenção

Opas faz alerta sobre possível transmissão do vírus oropouche da mãe para o bebê

Imagem de destaque
Síndromes, câncer...

Saiba quais são as doenças que provocam as piores dores, segundo especialistas

Imagem de destaque
Alerta

Com avanço da febre oropouche no país, Saúde reforça investigação de microcefalia em bebês


Neste período, observa a Elaine, é normal que busca por alimentos ultraprocessados, como os instantâneos e prontos para o consumo, aumente e acabe afetando a qualidade global da alimentação e impactando no estado nutricional da população.

Publicidade


“Os ultraprocessados são essencialmente ricos em sal, gorduras e açúcares, além de apresentarem aditivos e outros compostos sintéticos em sua composição. O consumo como parte da rotina alimentar favorece o desenvolvimento de doenças, como o câncer, doenças do coração, diabetes, obesidade, além de aumentar o risco de deficiências nutricionais”, afirma. 


A recomendação é evitar esses alimentos, conforme orienta o Guia Alimentar para a População Brasileira, do Ministério da Saúde.

Publicidade


Com as temperaturas mais baixas também é comum optar por consumir mais caldos e sopas. Além de aquecer o corpo, eles ajudam na hidratação, já que contém uma boa quantidade de água. A recomendação é evitar as sopas industrializadas (em pó, “de pacote”, enlatadas, ou que contenham macarrão instantâneo), já que são ricas em sódio, gorduras e conservantes.


O preparo  de caldos e sopas deve ser com uso de legumes e verduras, cereais e tubérculos, temperos naturais, com pouca adição de óleos, gorduras e sal. Dessa forma, é possível criar preparações mais saborosas e variadas, além de nutritivas.

Publicidade


Imagem
TJ cassa liminar que suspendeu concurso da Prefeitura de Londrina
O desembargador da 5ª Câmara Cível do TJ (Tribunal de Justiça) do Paraná, Carlos Mansur Arida, cassou, nesta ter&ccedi


Hidratação


Publicidade

Além da alimentação, outro passo muito importante é manter-se bem hidratado, mesmo em dias frios. A recomendação é priorizar o consumo de água pura, ou “temperada” com rodelas de limão ou folhas de hortelã, por exemplo. 


Também é parte da nossa cultura alimentar o consumo de bebidas como café e chá. Neste caso, convém não adicionar açúcar ou, pelo menos, reduzir a quantidade ao mínimo.

Publicidade


O último relatório publicado pela Sesa – a Situação Alimentar e Nutricional do Paraná 2012 a 2022 – identificou a presença de alimentos ultraprocessados e bebidas açucaradas na alimentação da maioria dos paranaenses avaliados em todas as fases da vida, com participação inclusive na alimentação de crianças menores de dois anos. 


A pesquisa é responsável por trazer o diagnóstico nutricional referente à população que frequenta as unidades de saúde e serve de orientação para a gestão das ações de alimentação e nutrição no SUS (Sistema Único de Saúde).

Publicidade


Hábitos saudáveis 


A adoção de hábitos saudáveis pode contribuir para fortalecer as defesas do corpo. Algumas das principais práticas sugeridas incluem a manutenção da prática regular de exercícios físicos, hidratação, alimentação saudável e uso de roupas apropriadas, além de manter ambientes arejados.


Uma das maiores lições da pandemia é manter a higienização adequada das mãos, pois também é fundamental para a prevenção da transmissão de doenças e infecções. De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), a lavagem correta das mãos pode reduzir em até 40% os riscos de contrair doenças como conjuntivite, gripe ou dor de garganta.


Confira os 10 passos para uma alimentação saudável:


- Fazer de alimentos in natura ou minimamente processados a base da alimentação

- Utilizar óleos, gorduras, sal e açúcar em pequenas quantidades ao temperar, cozinhar alimentos e criar preparações culinárias

- Limitar o consumo de alimentos processados

- Evitar o consumo de alimentos ultraprocessados

- Comer com regularidade e atenção, em ambientes apropriados e, sempre que possível, com companhia

- Fazer compras em locais que ofertem variedades de alimentos in natura ou minimamente processados

- Desenvolver, exercitar e partilhar habilidades culinárias;

- Planejar o uso do tempo para dar à alimentação o espaço que ela merece

- Quando comer fora de casa dar preferência a locais que servem refeições feitas na hora

- Seja crítico quanto a informações, orientações e mensagens sobre alimentação veiculadas em propagandas comerciais.


Imagem
Banda Terra Celta faz show em comemoração aos 34 anos da Rádio UEL
Comemorando os 34 anos da Rádio UEL, a Banda Terra Celta trará no dia 26 de junho, em dois horários, às 12h e 17:30h, uma experiência imersiva na sonoridade Celta e na alegria brasileira, transportando o público para um universo sem rótulos.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade