Pesquisar

Canais

Serviços

- Marcelo Camargo/Agência Brasil
Continua depois da publicidade
Situação de alerta

Paraná confirma mais 20 casos de sarampo

Redação Bonde
04 out 2019 às 08:44
Continua depois da publicidade

Mais 20 casos de sarampo foram confirmados no Paraná pela Secretaria de Estado de Saúde. O novo Informe Epidemiológico divulgado pela instituição leva em conta o período de 28 de julho a 28 de setembro. Agora, o Paraná já registra, no total, 59 pacientes com a doença.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Segundo Beto Preto, secretário de Estado da Saúde, o Paraná está em alerta por conta da situação do sarampo. "Essa é uma doença viral de fácil transmissão e com possibilidades sérias de comprometimento da saúde do paciente", complementa.

Continua depois da publicidade


O Informe apontou ainda que, além dos 59 casos confirmados no estado, outros 270 estão em investigação. Os municípios paranaenses que registram a maior quantidade de casos são: Curitiba, com 45 casos; Colombo, com três e Maringá, Pinhais e Ponta Grossa, com duas notificações. A faixa etária mais atingida pelo sarampo no estado é a de jovens de 20 a 29 anos, com um total de 35 casos.


Vacina


Na próxima segunda-feira (7), a Campanha Nacional de Vacinação contra o Sarampo se inicia. A ação vai estar dividida em duas etapas: de 7 a 25 de outubro a imunização vai ser voltada para crianças de seis meses a cinco anos de idade; já de 18 a 30 de novembro, o objetivo é vacinar jovens de 20 a 29 anos.

Continua depois da publicidade


O secretário Beto Preto chama atenção para a campanha de vacinação, uma vez que afirma que a vacina "é a única forma de prevenir o sarampo". Para finalizar, o secretário reforça: "O Ministério da Saúde promove essa campanha primeiramente com foco nas crianças de seis meses a menores de cinco anos, mas é importante salientar que todos que ainda não estão vacinados também devem tomar as doses da vacina".


Sarampo


O sarampo é uma doença infecciosa causada por um vírus. Com contágio fácil por meio da respiração, da fala, da tosse e do espirro, a transmissibilidade do vírus é extremamente alta.


Deve-se ficar atento aos sintomas das doenças, especialmente em crianças menores que cinco anos, já que as complicações são graves: pneumonia, encefalite, meningite e outras.

Sintomas - Os sintomas mais comuns que podem indicar o sarampo são: coriza, tosse, febre alta, manchas vermelhas na pele que aparecem primeiro no rosto e depois se espalham pelo corpo, conjuntivite e outros.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade