Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Entenda

Saúde não vai ampliar faixa etária de vacinação contra a dengue no PR

Pedro Marconi - Folha de Londrina
18 abr 2024 às 14:42
- Gabriel Rosa/AEN
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A ministra da Saúde, Nísia Trindade, divulgou nesta quinta-feira (18), por meio das redes sociais, a ampliação temporária da faixa etária para vacinação contra a dengue no Brasil para crianças e adolescentes de seis a 16 anos. O motivo é a proximidade do vencimento de alguns lotes do imunizante em 30 de abril. No entanto, no Paraná a campanha vai prosseguir para os moradores de 10 a 14 anos.


De acordo com a Sesa (Secretaria de Estado da Saúde), “a orientação do Ministério da Saúde refere-se somente a doses que vencem em abril e o Paraná não possui doses com este vencimento”. “As vacinas do Estado têm dois vencimentos: 30 de junho e 12 de janeiro de 2025”, destacou à FOLHA.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Em Londrina, foram protegidas com a Qdenga 9.466 crianças e adolescente desde fevereiro. Ainda estão à disposição nos postos de saúde 3.738 doses. Não há necessidade de agendamento e é preciso levar apenas documento de identificação.

Leia mais:

Imagem de destaque
Boletim semanal

Saúde registra morte de bebê de nove meses por dengue no Paraná

Imagem de destaque
Cuide-se!

Covid mata mais do que dengue em 2024

Imagem de destaque
O ex-MC Bin Laden

MC Binn diz que vai iniciar um novo tratamento contra ansiedade: 'Se agravou na casa do BBB 24'

Imagem de destaque
Centro-Norte

Apucarana registra aumento de 79% de mortes por doenças respiratórias no primeiro quadrimestre


A vacina contra a doença tem aplicação em duas doses, com intervalo de 90 dias entre a primeira e a segunda. A pessoa que contraiu dengue precisa aguardar seis meses e, nos casos de infecção pelo vírus entre uma dose e outra, o período passa de 90 para 120 dias.


LEIA MAIS NA FOLHA DE LONDRINA

Imagem
Paraná não vai ampliar faixa etária de vacinação contra a dengue
Após anúncio do Ministério da Saúde, Sesa destacou que Estado não tem doses do imunizante perto do vencimento
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade