Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Cambé receberá 2,6 mil doses

Paraná recebe primeiro lote de vacinas contra a dengue; Londrina é prioridade

Redação Bonde com AEN-PR
22 fev 2024 às 12:27
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O Paraná recebeu nesta quinta-feira (22) o primeiro lote de vacinas contra a dengue, enviado pelo Ministério da Saúde. A remessa com 35.025 doses do imunizante Qdenga, produzido pela farmacêutica Takeda, teve seu envio antecipado após diálogos das secretaria estaduais com a pasta federal. 

Londrina foi tratada como prioridade na distribuição, recebendo mais de um terço das doses, 13.204.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A descentralização das vacinas começa nesta quinta e será concluída na sexta-feira (23) para 30 municípios do estado.

Leia mais:

Imagem de destaque
Fique atento!

Doença de Chagas: Paraná divulga cartilha sobre prevenção e tratamento

Imagem de destaque
Sem condições

Médico acusado de trabalhar embriagado pula a janela para fugir da polícia em Mauá da Serra

Imagem de destaque
Seja um doador!

Hemocentro do HU da UEL precisa de doações de sangue tipo O- e O+

Imagem de destaque
Oleosidade

Sabonetes enzimáticos auxiliam no controle de filamentos sebáceos na pele


Os contemplados, além de Londrina, foram Cambé, Rolândia, Jaguapitã, Ibiporã, Florestópolis, Bela Vista do Paraíso, Jataizinho, Primeiro de Maio, Sertanópolis, Tamarana, Porecatu, Assaí, Miraselva, Lupionópolis, Guaraci, Centenário do Sul, Alvorada do Sul, Pitangueiras, Prado Ferreira, Cafeara, Foz do Iguaçu, Medianeira, São Miguel do Iguaçu, Santa Terezinha de Itaipu, Missal, Itaipulândia, Matelândia, Serranópolis do Iguaçu e Ramilândia. 

Publicidade


A faixa etária definida como prioritária para a imunização é de crianças de dez a 14 anos, e o Ministério da Saúde recomenda que a aplicação seja iniciada para as idades de 10 a 11 anos. O protocolo de vacinação requer duas doses, com um intervalo de 90 dias entre elas. As vacinas destinadas para aplicação da segunda dose serão enviadas posteriormente.


A vacina possui vírus vivos da dengue que foram enfraquecidos de maneira controlada. Essa abordagem possibilita o desencadeamento de uma resposta imunológica, o que facilita uma reação mais rápida do organismo em situações de exposição real ao vírus.

Publicidade


“A chegada da vacina é um ponto importante em nosso combate pela redução do número de casos confirmados e mortes pela dengue. Vínhamos dialogando com o ministério para conseguir o envio dessas doses o quanto antes, e agradecemos essa sensibilização pelo pedido. Mas seguimos ressaltando a necessidade de uma ampliação no processo de distribuição de doses ao Paraná e também dos cuidados que são comuns a todos, principalmente com água parada”, comentou o secretário de estado da Saúde, Beto Preto.


De acordo com o último informe, o Paraná soma 45.930 casos confirmados, 130.107 notificações e 16 morte, além de 31.421 casos em investigação e 47.232 descartados. 

Publicidade


Doses por municípios


Londrina – 13.204

Publicidade


Cambé – 2.676


Rolândia – 1.854

Publicidade


Jaguapitã – 400


Ibiporã – 1.330

Publicidade


Florestópolis – 306


Bela Vista do Paraíso – 376


Jataizinho – 315


Primeiro de Maio – 224


Sertanópolis – 389


Tamarana – 344


Porecatu – 255


Assaí – 379


Miraselva – 52


Lupionópolis – 132


Guaraci – 100


Centenário do Sul – 275


Alvorada do Sul – 218


Pitangueiras – 80


Prado Ferreira – 91


Cafeara – 64


Foz do Iguaçu – 7.909


Medianeira – 1.328


São Miguel do Iguaçu – 722


Santa Terezinha de Itaipu – 647


Missal – 283


Itaipulândia – 339


Matelândia – 494


Serranópolis do Iguaçu – 136


Ramilândia – 103

Publicidade

Últimas notícias

Publicidade