Pesquisar

Canais

Serviços

- Reprodução
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
ADOÇANTES

Gostaria de saber os prós e os contras sobre o adoçante

Sua Saúde - Folha de Londrina
05 mar 2010 às 19:51
Continua depois da publicidade

Alguns adoçantes apresentam menos calorias e sabor mais adocicado que o açúcar, e podem ser divididos em duas classificações. Os naturais são extraídos da frutose, do mel, da stévia, sorbitol, manitol e esteovídeo. Já os artificiais são o aspartame, ciclamato, sacarina, acessulfame-K, sucralose.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Os artificiais são mais indicados para pessoas com restrições dietéticas como, por exemplo, as pessoas diabéticas.

Continua depois da publicidade


Os adoçantes dietéticos são produtos considerados Alimentos para Fins Especiais, pela Portaria nº 29, de 13 de janeiro de 1998, recomendados para dietas especiais, quer seja de emagrecimento ou de restrição de açúcar. Os naturais possuem calorias. A frutose é o açúcar da fruta, e se usada em excesso, pode engordar e causar cáries. O ideal é não exagerar na quantidade.


O sorbitol, o manitol e o esteovídeo são derivados de outros açúcares, também são calóricos e não são usados puros, mas sempre em composição com outros adoçantes. Estes não causam cáries. O mel, o açúcar mascavo, a stévia são acessíveis e saudáveis. Dê preferência a eles, mas não exagere. As pessoas com problemas renais ou cardíacos, principalmente os casos de pressão alta, devem ter cuidado com a quantidade de sódio utilizada na fórmula do adoçante.


O ideal é consultar um profissional especializado (médico ou nutricionista) para dar as instruções necessárias. Um exemplo é o ciclamato e a sacarina. Esta última deve ser evitada por gestantes e nutrizes. O aspartame deve ser evitado por fenilcetonúricos.

Continua depois da publicidade


Com relação aos adoçantes sintéticos causarem câncer, ainda não há nada comprovado em seres humanos. Há cientistas estudando sobre como o açúcar é percebido e interpretado pelo corpo. Foram identificados dois grupos de receptores que atuam na sensação da ingestão deste alimento. Esses receptores são agentes químicos, que se ligam aos açúcares, criando as sensações do paladar interpretadas mais tarde pelo cérebro. Segundo eles, a maioria dos adoçantes artificiais de baixa caloria ativa somente um destes receptores, o que dá origem ao sabor amargo característico destas substâncias.

Gisele Guarino Centenaro, nutricionista


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade