Pesquisar

Canais

Serviços

iStock
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Considerada um tabu

Um terço dos casos de infertilidade são provocados por fatores relacionados ao homem

Redação Bonde com Agência Brasil
30 dez 2021 às 15:54
Continua depois da publicidade

No mundo, estima-se que entre 10% e 15% dos casais em idade reprodutiva enfrentam alguma dificuldade para engravidar. Em um terço dos casos, a infertilidade é causada exclusivamente por fatores relacionados ao homem. 

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


De acordo com o médico Guilherme Wood, especialista em reprodução assistida na Huntington Medicina Reprodutiva, em entrevista à Agência Brasil, fatores genéticos, uso de anabolizantes, doenças hormonais e a varicocele são os principais causadores da infertilidade masculina. Ela também pode ser provocada por alguns hábitos do dia a dia, como deixar o notebook no colo, ingerir bebidas alcoólicas em excesso ou consumir alimentos quentes em recipientes de plástico.  

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


“Entre as causas mais graves estão as genéticas, que podem causar a azoospermia, quando não tem nenhum espermatozoide no fluido ejaculado; e o uso de alguns medicamentos, principalmente anabolizantes, que traz diminuição ou até pode zerar a produção de espermatozoides. Há também as doenças hormonais e a varicocele, que é uma das principais causas e que é basicamente as varizes nos testículos."


Apesar da infertilidade masculina ser frequente, ela ainda é considerada um tabu e, quando o casal não consegue engravidar, o problema é investigado primeiramente na mulher. 


“Quando se compara os exames que a mulher tem que fazer com os do homem para começar a investigação de infertilidade, o exame do homem é bem mais simples, que é basicamente o espermograma. Mesmo assim, não é raro o casal chegar na clínica de reprodução depois de focar muito tempo na saúde da mulher, na investigação e nos exames mais difíceis e, muitas vezes, mais caros e mais chatos de serem feitos e até mesmo dolorosos. A mulher chega ao consultório já tendo feito toda a investigação e o homem demora a fazer isso porque achava que não tinha nenhum problema", explica Wood. 

Continua depois da publicidade


Caso haja suspeitas da infertilidade, o ideal é que tanto o homem quanto a mulher façam exames para identificar as causas do problema. O primeiro exame feito pelo homem é o espermograma, que avalia a quantidade e qualidade do sêmen. Ele é realizado em clínicas ou laboratórios e feito a partir da coleta do sêmen por masturbação.  


O diagnóstico precoce é primordial para que o tratamento seja iniciado o problema revertido, quando possível.  


Caso a infertilidade seja provocada por hormônios ou uso de anabolizantes, a produção do espermatozoide pode ser estimulada novamente com a interrupção do uso desses produtos. A varicocele pode ser resolvida com um procedimento cirúrgico.  


Quando a causa está relacionada à genética, a infertilidade pode ser irreversível. Nesses casos, o casal pode optar por ter filhos por outros métodos, como inseminação artificial e fertilização in vitro.  


Considera-se que o casal tem dificuldade para engravidar após um ano de tentativas frustradas ou após seis meses, caso a mulher tenha mais de 35 anos. 

Leia mais

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade