Pesquisar

Canais

Serviços

- Reprodução
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Fora do País

Intercâmbio para lugares exóticos atrai jovens

Redação Bonde
31 dez 1969 às 21:33
Continua depois da publicidade

Estados Unidos? Austrália? Canadá? Foi o tempo em que estes países eram sem sombra de dúvida a primeira escolha de quem se aventuraria em um intercâmbio. Dispostos a enfrentar o novo em todos os sentidos, muitos intercambistas têm dado preferência a lugares bem inusitados na hora de escolher o destino de sua viagem. O resultado da escolha tem sido a percepção de que participar de um intercâmbio intercultural é mais do que realizar uma simples viagem. É conviver com situações, lugares, culturas e idéias novas que podem mudar definitivamente suas vidas.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

No AFS Intercultura Brasil dentre as 35 opções de destino, algumas se destacam pelo seu caráter exótico, mas nem por isso são deixados de lado pelos estudantes dispostos a estudar fora. Islândia, Turquia, Egito e Tailândia são algumas das opções oferecidas pela organização e engana-se quem pensa que a experiência do choque cultural pode ser traumática ou coisa assim. Relatos de nossos intercambistas mostram que tempos depois a saudade da aventura ainda é grande e a vontade de fazer tudo outra vez é real.

Continua depois da publicidade


Chaiane Souza, de Florianópolis, sabia que um intercâmbio para a Islândia não seria fácil, mas se surpreendeu com o crescimento pessoal que a experiência lhe proporcionou.


"Tinha uma idéia do que era a cultura deles. Conhecia um pouco da música e já tinha pesquisado imagens do país, mas viver tudo isso foi bem diferente. Valeu muito a pena. Quando escolhi meu destino pensei 'se é para ir para um lugar parecido com o Brasil eu fico aqui' e assim escolhi a Islândia".


A paulista Angélica Cristina Colegato foi muitas vezes interpelada pelos amigos por sua escolha. Aos 15 anos ela viajou para Turquia sem falar inglês e muito menos turco. Um ano depois ela saiu de lá ouvindo que estava uma verdadeira turca.

Continua depois da publicidade


"Na época que viajei o país sofria com a gripe do frango e estava em guerra. Fiquei um pouco apreensiva, mas queria de qualquer forma. A experiência foi maravilhosa. Hoje sei o quanto foi bom para minha vida".


Outro lugar muito procurado pelos intercambistas do AFS é a Tailândia. A carioca Julia Nascimento provou e aprovou a experiência de passar um ano no país.

"Eu já falava inglês e quando resolvi fazer intercâmbio decidi que queria um lugar onde eu encontrasse um verdadeiro choque cultural. A Tailândia me deu isso. Foi uma experiência realmente muito rica".


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade