Pesquisar

Canais

Serviços

- Divulgação
Continua depois da publicidade
Por propaganda enganosa

Apresentadora e Band terão que indenizar telespectador

Redação Bonde
10 nov 2009 às 12:37
Continua depois da publicidade

A apresentadora Márcia Goldschmidt e as empresas TV Bandeirantes e Quality Construtora Negócios Empreendimentos foram condenadas a pagar uma indenização no valor de R$ 20 mil, por danos morais e materiais, a um telespectador, vítima de propaganda enganosa.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

De acordo com o processo, o suboficial da Marinha Paulo Rodrigues Oliveira, de 64 anos, foi atraído por um anúncio da construtora no programa "A Hora da Verdade", comandado pela apresentadora. O reclamante fechou acordo com a Quality para liberação de crédito imobiliário no valor de R$ 80 mil. Até aí tudo bem, mas após pagar R$ 10 mil, ele descobriu que os cheques emitidos pela empresa, referentes ao financiamento, não tinham fundos.


O telespectador ligou para o programa e obteve a garantia da apresentadora sobre a segurança do empreendimento.


Para o desembargador Bernardo Moreira Garcez Neto, "todos os que participam de alguma forma da publicidade e obtiveram vantagens com isso, respondem pelo evento danoso e são responsáveis solidários pelo ocorrido".


Quanto à Márcia Goldschmidt, o relator afirmou que a situação da apresentadora não é diferente dos demais réus. "Em um programa de nome "A Hora da Verdade", no qual os participantes têm suas vidas orientadas pela apresentadora, a publicidade de um produto ou um serviço tem um apelo acima do comum. A fama da apresentadora atua como veículo de publicidade", finalizou.

Continua depois da publicidade

Goldschmidt não conseguiu provar nos autos de que não participa do faturamento do horário. Os réus têm até o dia 18 para entrar com recurso. (Com informações da assessoria do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro)


Compartilhar nas redes:

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade