Pesquisar

Canais

Serviços

- Reprodução/Instagram
Continua depois da publicidade

Artistas se posicionam sobre a crise política; saiba quem é a favor e contra o impeachment

Gabriela Lima - Redação Bonde
18 mar 2016 às 09:34
Continua depois da publicidade

Após os últimos acontecimentos políticos do país, o depoimento de Lula à Polícia Federal, as manifestações a favor e contra o impeachment, a nomeação do ex-presidente como ministro da Casa Civil e os mais recentes protestos, é praticamente impossível não ter uma opinião a respeito da crise brasileira. E para os famosos não é diferente. Diversos artistas se posicionaram nas redes sociais e alguns assinaram um manifesto em apoio a Dilma e contra o impeachment.

Continua depois da publicidade

Segundo a Agência PT, o documento, Intitulado "Carta ao Brasil", conta com a assinatura de quase 800 artistas e intelectuais, entre eles Betty Faria, Camila Pitanga, Dira Paes, Gregório Duvivier, José de Abreu, Júlia Lemmertz, Marco Ricca, Paulo Betti, Tico Santa Cruz, Wagner Moura, Ziraldo, Letícia Sabatella e Chico Buarque.


Segundo um dos organizadores do manifesto, o escritor Fernando Morais, o documento será levado aos chefes do Executivo, Dilma Rousseff; do Legislativo; Renan Calheiros, e do Judiciário; Ricardo Lewandowsky, bem como ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot.


Enquanto uns apoiam o governo, outros são declaradamente contra. É o caso Márcio Garcia, Suzana Vieira, Marcelo Serrado, Carlos Vereza, Malvino Salvador, Viviane Araújo, Juliana Knust, Duda Nagle, Danilo Gentilli e Juliana Paes, por exemplo, que compareceram aos protestos do último domingo (13).


Quem também quis deixar claro que é contra a corrupção foram as atrizes Giovanna Lancellotti, Fernanda Vasconcellos e Juliana Alves. O trio publicou um vídeo no Instagram com alguns atores como Zezé Polessa, Johnny Massaro e Daniel Dantas dizendo que são "contra o golpe" e "contra a justiça tendenciosa que só investiga um lado". "Que políticos corruptos sejam investigados, presos, julgados e condenados. De forma democrática, seguindo a Constituição!", escreveu Fernanda.

Continua depois da publicidade



A top brasileira Gisele Bündchen mostrou apoio ao Juíz Sérgio Moro nas redes sociais. "'A democracia em uma sociedade livre exige que os governados saibam o que fazem os governantes..' Sérgio Moro. #porumpaísmelhor #pelademocracia #medidascontracorrupção #mudabrasil #chegadecorrupção", escreveu ela. Já apresentadora Ana Maria Braga fez uma publicação dizendo que não aceita Lula como ministro e pediu a ajuda de seus seguidores para preencher um abaixo-assinado que proíba a nomeação do ex-presidente.

Luís Inácio Lula da Silva foi nomeado nesta quinta-feira (17), pela presidente Dilma Rousseff, como ministro da Casa Civil. Minutos depois, o ex-presidente foi impedido de tomar posse do cargo pois uma decisão da Justiça Federal, em Brasília, determinou a suspensão da nomeação em sentença provisória assinada pelo juiz da 4ª Vara Federal Itagiba Catta Preta Neto. Após a queda dessa liminar, no entanto, a juíza Regina Coeli Formisano, da 6ª Vara Federal do Rio de Janeiro, concedeu outra liminar sustando a posse de Lula. Portanto, ele ainda não pode exercer o cargo de ministro.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade