Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Por "bruxaria"

EUA teriam vetado homenagem a criadora de Harry Potter

BBC Brasil
01 out 2009 às 09:18
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Um ex-autor de discursos do ex-presidente americano George W. Bush revelou que o governo dos Estados Unidos vetou uma homenagem à autora da série de livros sobre o mago Harry Potter, JK Rowling, porque alguns políticos achavam que ela incentivava a bruxaria.

Matt Latimer afirmou em seu livro Speechless: Tales of a White House Survivor ("Sem Fala: Contos de um Sobrevivente da Casa Branca", em tradução livre) que alguns integrantes do próprio governo Bush acreditavam que a escritora britânica promovia a feitiçaria nos livros.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Como resultado, Rowling nunca foi condecorada com a Medalha Presidencial da Liberdade.

Leia mais:

Imagem de destaque
Desânimo

Silvio Santos desiste de voltar às gravações de seu programa no SBT

Imagem de destaque
'Já estou de volta'

Anitta tem alta hospitalar após infecção alimentar

Imagem de destaque
No Spotify

Will Smith homenageia filho por sucesso da música 'Icon'

Imagem de destaque
Revolta

Tom Brady abandona entrevista após se irritar com comentário sobre sua filha


A condecoração reconhece a contribuição dos agraciados para os interesses nacionais dos Estados Unidos, paz mundial ou esforços culturais.

Publicidade


"Pensamento limitado"


Entre os escritores que já receberam o prêmio estão John Steinbeck e Harper Lee.

Publicidade


No seu livro, Latimer escreve que o "pensamento limitado" levou a esta medida das autoridades da Casa Branca.


O autor afirma ainda que o governo Bush também negou a comenda a outras pessoas como, por exemplo, o senador democrata Edward Kennedy, que morreu em agosto deste ano.

Latimer alegou que o político veterano de uma das famílias políticas mais tradicionais e famosas dos Estados Unidos foi excluído da homenagem por ser considerado liberal demais.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade