Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Luto na música latina

Mercedes Sosa morre aos 74 anos na Argentina

Agência Estado
04 out 2009 às 08:40
- Divulgação
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Morreu neste domingo (4) a lendária cantora argentina Mercedes Sosa, intérprete de um dos grandes hits dos anos 70, Gracias a la Vida, que embalou os movimentos de esquerda na América Latina.

A cantora Mercedes Sosa, que recebeu três indicações para o Grammy Latino 2009, estava internada desde 18 de setembro em estado delicado e respirava com ajuda de aparelhos no Hospital da Trinidad, no bairro de Palermo, em Buenos Aires, na Argentina. Segundo o hospital, a cantora sofria de "uma disfunção renal progressiva". Mas pessoas próximas à artista afirmaram que ela foi internada há doze dias por um problema hepático.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Mercedes morre quando a atravessava um bom momento na carreira, após seu mais recente álbum, "Cantora 1", alcançar recorde de vendas e receber as três indicações ao Grammy Latino. O prêmio será entregue em 5 de novembro, em Las Vegas.

Leia mais:

Imagem de destaque
Desânimo

Silvio Santos desiste de voltar às gravações de seu programa no SBT

Imagem de destaque
'Já estou de volta'

Anitta tem alta hospitalar após infecção alimentar

Imagem de destaque
No Spotify

Will Smith homenageia filho por sucesso da música 'Icon'

Imagem de destaque
Revolta

Tom Brady abandona entrevista após se irritar com comentário sobre sua filha


No disco duplo, Mercedes interpreta canções clássicas do folclore latino-americano, acompanhada por artistas como Shakira, Fito Páez, Gustavo Cerati, Julieta Venegas, Joan Manuel Serrat, Joaquín Sabina, Lila Downs e o grupo Calle 13.


Em setembro, Mercedes cancelou um show em Buenos Aires pois estava com um forte resfriado. Em 2003, ela teve um problema cardíaco que a afastou dos palcos por um tempo. Entre os sucessos de Mercedes Sosa como intérprete estão as canções "Gracias a la vida" e "Si se calla el cantor".

No Brasil, a cantora teve grande sucesso e gravou com nomes como Cio da Terra, com Milton Nascimento, e Años, com Fagner, entre outros.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade