Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade

A dor do seu bichinho

12 jun 2009 às 18:00
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Recebi e reproduzo aqui um artigo sobre a dor dos animais. É importante ficar atento e qualquer coisa estranha, consultar o veterinário! Segue o texto:

A humanização dos animais domésticos permitiu a eles demonstrar sua dor sem correr o risco de parecer uma presa fácil, o que seria fatal em um ambiente selvagem. Hoje, o sinal está verde para que o bichinho expresse seu incômodo, e o perigo que ele corre é somente o de não poder se fazer entender.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O animal com dor pode não verbalizar seu sentimento através de sons, mas certamente apresentará algumas alterações em seu comportamento. Cachorros calmos e comportados podem ficar mais agressivos, e o oposto também pode acontecer se o cão bravo parecer não se importar mais com o carteiro ou o coletor de lixo. Gatos costumam se isolar. "A automutilação também é um sintoma muito comum do animal com dor, e normalmente vem acompanhada de diminuição do apetite, depressão e apatia", explica Karina Yazbek, veterinária certificada pela SBED – Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor.

Leia mais:

Imagem de destaque

Cuidados com o pet no inverno

Imagem de destaque
Balaio de bichos

Nada de chocolate para os pets

Imagem de destaque
Balaio de Bichos

Alimentos proibidos para cães

Imagem de destaque

Feiras de Adoção deste final de semana


Segundo Karina, o câncer é a principal causa de dor em animais, seguido pela osteoartrose. Ambas as doenças podem ser causadas por inúmeros fatores, inclusive a genética, mas se sabe que, devido aos cuidados que recebem de seus donos, a expectativa de vida dos animais têm aumentado. Isso os torna mais suscetíveis a doenças que se desenvolvem com o passar dos anos.

Publicidade


Seu animal tem uma boa qualidade de vida quando mantém os hábitos de higiene, se envolve em brincadeiras, vai receber o dono no portão, pede para passear e está sempre demonstrando sua satisfação de um jeito bem conhecido, abanando o rabo.


- Sinais que podem revelar a dor do seu gato ou cachorro:

Publicidade


Aumento de agressividade ou apatia
Automutilação
Redução do apetite
Diminuição da mobilidade
Isolamento
Depressão


- Índices de qualidade de vida:

Brincadeiras
Interação com o dono (recebe no portão, pede para passear)
Abanar o rabo
Higiene
Bom apetite


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade