Pesquisar

Canais

Serviços

A mãe do Henry e outras mães...

09 mai 2021 às 09:54
Continua depois da publicidade

O menino de 4 anos, Henry Borel faleceu em 08 de março. A polícia suspeita que o menino morreu depois de ter sido submetido a uma sessão de tortura.

Continua depois da publicidade

A mãe de Henry falou que tinha medo do namorado. Entendemos que ela tinha medo. Não tinha coragem de enfrentar esse homem poderoso. Mas, tem um assunto que ninguém entende: Por que não deixou o filho com o pai ou com a avó da criança? Por que expor o menino? Como uma criança pequena poderia defender-se de um adulto?

Continua depois da publicidade


Amigas, cada pessoa tem o direito de escolher a sua vida. Se você quer viver um grande amor, ou se seu desejo for lutar para conseguir um lugar no mundo e sente que seu filho (ou filha) exige muito tempo, muita dedicação, pense em alguma alternativa. Se nesse momento de sua vida você não quer dedicar seu tempo a seu filho ou filha; você tem direito de escolher outro caminho. Você é livre!


Pode deixar a criança com alguém que a ame e que tenha a possibilidade de cuidar bem dela: ex marido, avó, algum familiar.

Continua depois da publicidade


Há alguns anos, uma aluna comentou em uma aula que o novo marido, padrasto do menino, batia nele. A irma dela, que tinha três filhos, havia falado que o menino podia ficar na casa dela. Quando falei que era melhor o menino morar com outra pessoa, ela exclamou: "E o que vão pensar de mim, se eu deixar meu filho com minha irmã?”.


O que é mais importante: As críticas que amigos, colegas ou vizinhos maldosos possam fazer ou o bem-estar da criança???
Uma mãe consciente escolhe o melhor para seu filho.
Algumas línguas são venenosas. Sempre existirão pessoas que falarão mal dos outros.
O importante é a criança, não é verdade?

Isabel Furini


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade