Pesquisar

Canais

Serviços

Divulgação/Vale
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
FIM DE ANO

Animais de estimação viram modelos fotográficos para estimular adoção

Agência Brasil
19 dez 2021 às 18:09
Continua depois da publicidade

As festividades de fim de ano inspiraram a equipe da Fazenda Abrigo de Fauna a fotografar animais de estimação disponíveis para adoção com tema natalino. Os bichinhos como os cães Caramelo, Roliço e Berlim e o gato Beto, alguns dos impactados pelo rompimento da barragem B1 em Brumadinho, no estado de Minas Gerais, em 2019. Eles foram resgatados em áreas de obras ou que estavam em situação de risco nas comunidades e participaram de um ensaio como forma de sensibilizar famílias interessadas em dar a eles um novo capítulo para suas histórias.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


De acordo com a Vale, dos animais domésticos resgatados desde 2019, 371 (244 cães e 127 gatos) já foram adotados. Outros 270 (230 cães e 40 gatos) ainda esperam novo lar. Segundo a supervisora da Fazenda Abrigo de Fauna, Magda Castro, houve uma queda significativa no número de adoções. Outros 17 animais resgatados foram devolvidos aos antigos donos.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


“No início da pandemia as adoções aumentaram, mas em períodos de fim de ano os números caem consideravelmente e encontramos uma quantidade ainda maior de animais abandonados. Os traumas de um abandono deixam várias cicatrizes na vida de um pet, muitas vezes é necessário a ajuda de um veterinário para reverter esse quadro” explicou.


Segundo Magda Castro, o abrigo segue recebendo animais, desde que tenham alguma relação com o rompimento da barragem ou provenientes de áreas de risco. Por outro lado, o número de adoções, a devolução de animais ao abrigo tem sido pequena.


“As devoluções são bem baixas, as que ocorreram foi por falta de adaptação do animal ao novo lar, ou mudança da família para um local onde não era permitido ter animais”, contou a supervisora do abrigo.

Continue lendo