Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Estiagem

Chegada de período propício para incêndios traz preocupação para o campo

Lucas Catanho - Especial para a Folha
22 jun 2024 às 14:00
- Joédson Alves/Agência Brasil
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O Paraná está entrando no período mais crítico quando se fala na ocorrência de incêndios florestais, com maior concentração de julho a setembro por conta da maior estiagem. Mesmo assim, o Estado já registra aumento das ocorrências de incêndios florestais neste ano em comparação a 2023. 


Em 2024, a média de ocorrências está em 25 por dia, volume 66% maior que a média registrada em 2023, que alcançou 15 ocorrências diárias. No ano passado, foram registrados 5.597 incêndios florestais no Paraná. Neste ano, até 13 de junho, foram atendidas 4.116 ocorrências do tipo.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Os incêndios trazem uma série de malefícios aos produtores rurais, conforme alerta Néder Maciel Corso, técnico do Detec (Departamento Técnico) do Sistema Faep/Senar-PR.

Leia mais:

Imagem de destaque
Veja quais

Cade abre investigação sobre condutas anticompetitivas de montadoras de carros de luxo

Imagem de destaque
Sorteio no próximo sábado (20)

Mega-Sena acumula novamente e terá prêmio de R$ 53 milhões

Imagem de destaque
Números da Aneel

Geração de energia tem expansão recorde de 18,7% no Brasil

Imagem de destaque
Entenda

Governo Lula quer frear a compra de imóveis usados pelo Minha Casa, Minha Vida


“Em condições mais severas, de baixa umidade relativa do ar e temperaturas acima do normal (como a que estamos verificando neste mês de junho), os incêndios florestais podem provocar prejuízos consideráveis relacionados a perdas materiais, ambientais e até risco de morte (animais silvestres e seres humanos)”, pontua.

Publicidade


CONSEQUÊNCIAS AO MEIO AMBIENTE


Entre os efeitos dos incêndios em áreas rurais, o técnico cita a destruição de nascentes de água, a redução da fertilidade do solo, acidentes com a rede elétrica e o aumento da poluição do ar, condição que pode causar ou agravar problemas de saúde, como doenças pulmonares e alergias respiratórias.

Publicidade


“Apesar de trazer consequências agronômicas negativas, não diria que os incêndios (fogo fora de controle) 

podem inutilizar por anos uma área de cultivo agrícola”, pondera.


Leia a reportagem completa na FOLHA DE LONDRINA:


Imagem
Chegada de período crítico para incêndios traz preocupação para o campo
Descubra as principais causas e impactos dos incêndios florestais no Paraná, e aprenda como prevenir esses desastres naturais com dicas de especialistas.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade