Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
168 mil toneladas

Exportações de suínos batem recorde no Paraná em 2023

Lucas Catanho - Especial para a Folha
12 fev 2024 às 09:15
- Pixabay
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O Paraná exportou 168 mil toneladas de carne suína em 2023, o maior volume da história para o Estado – um crescimento de 7% na comparação com o ano anterior.


As informações são do sistema Agrostat, ferramenta do Ministério da Agricultura que traz dados consolidados das exportações e importações brasileiras no segmento do agronegócio.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Edmar Gervásio, analista do Deral, explica que o recorde é resultado de um cenário natural para a cadeia de suinocultura paranaense, visto que as exportações vêm aumentando ano após ano.

Leia mais:

Imagem de destaque

Abelhas ajudam na produtividade da soja, indicam estudos da Embrapa

Imagem de destaque
Muito alto

Jardim Bela Suíça ganha prédio comercial com 14 andares

Imagem de destaque
Agora vai

Mega-Sena acumula pela 7ª vez e premiação vai a R$ 110 milhões no sábado

Imagem de destaque
VEJA A LISTA

Paraná: prazo da 2ª parcela do IPVA para veículos com final de placa 9 e 0 termina na sexta


“Com o estado livre da febre aftosa sem vacinação, isso melhora ainda mais o poder de negociação junto aos mercados internacionais. A tendência é que em 2024 os números de 2023 sejam superados.”

Publicidade


Gervásio analisa que a suinocultura não é uma atividade com grandes oscilações de produção, pois ela é planejada e a perda é geralmente conhecida.


“Como todas as cadeias exportadoras, os gargalos acabam recaindo sobre o transporte, como custos elevados, limitações portuárias como contêineres refrigerados e oscilações dos insumos para produção”, enumera.

Publicidade


ESTADOS DO SUL


O principal estado exportador de carne suína em 2023 foi Santa Catarina (55% de participação), seguido pelo Rio Grande do Sul (23%) e Paraná (14%), sendo que os três estados detêm 92% do toda a exportação de carne suína do Brasil.

Publicidade


“A longo prazo é bem provável que o Paraná torne-se o maior exportador de carne suína do Brasil. Primeiro porque hoje a questão sanitária é igual nos três estados do sul. E segundo porque, além da capacidade das cooperativas, temos grande produção dos insumos utilizados para a produção de carne suína, como o cultivo do milho. Já Santa Catarina depende de outros estados.”


As exportações exigem que o frigorífico esteja habilitado documentalmente e sanitariamente junto ao Ministério Agricultura.


Leia a reportagem completa na FOLHA DE LONDRINA:


Imagem
Exportações de suínos batem recorde no Paraná
Saiba mais sobre o recorde de exportações de carne suína no Paraná em 2023 e seu impacto na economia e na saúde da população. Confira dados e informações sobre os principais destinos e mercados de exportação.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade