Pesquisar

Canais

Serviços

A venda deverá ser feita por um farmacêutico inscrito no CFF - ABr
Continua depois da publicidade
Identificação

Farmácias terão selo para venda de remédios fracionados

Simone Albieri - Folha News
13 abr 2005 às 17:50
Continua depois da publicidade

O diretor da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Dirceu Raposo de Mello, informou nesta quarta-feira que, no máximo em 45 dias, o consumidor encontrará as primeiras farmácias realizando a venda fracionada de remédios. As informações são da ABr.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Para isso, as farmácias deverão se credenciar na vigilância sanitária local, recebendo autorização para a venda mediante um selo de identificação.


Antes do credenciamento, as farmácias serão submetidas a uma rígida inspeção que irá verificar o cumprimento de algumas regras, que constam no documento da Anvisa apresentado para consulta pública.


Uma das exigências é a existência de uma área específica para o fracionamento dos medicamentos, o que só poderá ser feito por um profissional farmacêutico inscrito no Conselho Federal de Farmácia.


Poderão ser fracionados medicamentos na forma de frasco-ampolas, ampolas, seringas preenchidas, flaconetes, comprimidos, drágeas, óvulos vaginais e supositórios.

Continua depois da publicidade

Para comprar o remédio fracionado, o consumidor deverá apresentar a receita, que será devolvida ao usuário com carimbo e assinatura do farmacêutico. O medicamento fracionado deverá ser acompanhado de uma bula para cada paciente.


Compartilhar nas redes:

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade