Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Economia

Gasolina acumula queda de 11% nos postos, diz ANP

Redação - Folha de Londrina
12 jul 2003 às 17:33
Continua depois da publicidade

Apesar da resistência do governo em promover uma nova queda no preço dos combustíveis nas refinarias da Petrobras, o preço da gasolina e do álcool está caindo nos pontos desde maio. O principal motivo da queda é a safra de álcool, que também representa 25% da composição da gasolina.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

Segundo a pesquisa semanal da ANP (Agência Nacional do Petróleo), o preço médio da gasolina no país está em R$ 1,976. Este ano, o litro da gasolina chegou a ser vendido por R$ 2,223, o que representa uma queda de 11% até agora. A única redução de preços feita pela Petrobras este ano contribuiu para reduzir o preço em menos de 5%.


No Sudeste e Centro-Oeste, o preço da gasolina está abaixo dos R$ 2 - R$ 1,932 e R$ 1,990, respectivamente. No Rio, uma exceção, o litro ainda custa R$ 2,077. São Paulo tem o preço mais baixo da região (R$ 1,899). Em Brasília, o valor é de R$ 1,970.


Segundo a pesquisa da ANP, o álcool combustível acumula queda de 22,3% nos postos este ano. A média nacional do preço do combustível é de R$ 1,231. Na entre-safra, o litro do álcool nos postos chegou a custar, em média, R$ 1,586.


Na região Sudeste, o litro do álcool é vendido a R$ 1,087. Em São Paulo, o litro é vendido a R$ 0,937. No Rio, onde a cobrança de ICMS reduz a queda para o consumidor, o litro custa R$ 1,323.

Continua depois da publicidade

O preço médio dos outros combustíveis no país ficou estável na última semana: R$ 1,419 para o diesel, R$ 1,061 para o gás natural (GNV) e R$ 29,36 para o botijão de 13 kg de GLP.


Compartilhar nas redes:

Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade