Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Saldo positivo

Londrina registra recorde na geração de empregos em agosto

Simoni Saris - Folha de Londrina
29 set 2022 às 16:00
- Reprodução/ N.Com
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Londrina fechou mais um mês com saldo positivo de empregos. O balanço do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), divulgado nesta quinta-feira (29), apontou 1.111 vagas formais de trabalho geradas no município em agosto. O número é o resultado da diferença entre as 8.734 admissões e os 7.623 desligamentos registrados no mês passado e foi o melhor mês do ano até agora.


Em relação a julho de 2022, também houve incremento, foram abertos 151 postos de trabalho a mais. Na comparação com os últimos dois anos, no entanto, agosto deste ano teve desempenho inferior. Em agosto de 2020 e em agosto de 2021, o saldo de empregos com carteira assinada foi de 1.125 e 1.737, respectivamente.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


No balanço de dados setoriais feito pelo Ministério do Trabalho e Previdência, serviços, construção civil e indústrias foram os que mais empregaram no mês passado em Londrina. Serviços teve saldo positivo de 560 vagas, a construção civil fechou o mês com 286 novos postos de trabalho e a indústria, com 188. Mas entre os cinco setores analisados, nenhum teve desempenho negativo.

Leia mais:

Imagem de destaque
Aumento de 8,64%

Municípios do Paraná recebem R$ 1,03 bilhão em repasses em fevereiro

Imagem de destaque
Funciona a partir desta sexta

Novo sistema FGTS Digital entra em vigor nesta sexta-feira; veja o que muda

Imagem de destaque
Uma bolada

Mega-sena acumula novamente e prêmio pode chegar a R$ 185 milhões

Imagem de destaque
Queda no valor médio

Cesta básica fica mais barata pelo segundo mês seguido em Londrina


Os dados computados pelo Caged, avaliou o economista Marcos Rambalducci, mostram que a economia deixou para trás os problemas decorrentes da crise sanitária iniciada em 2020 com a Covid-19. “A recuperação do setor de serviços, em termos de emprego, foi o último a mostrar uma performance melhor, mas já superou com folga o número de empregos formais existentes antes da pandemia.”


Leia a matéria completa na Folha de Londrina!

Publicidade

Últimas notícias

Publicidade