Pesquisar

Canais

Serviços

Freepik
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Saiba como

Quero investir, mas não tenho muito dinheiro. E agora?

Redação Bonde com Assessoria de Imprensa
25 out 2021 às 15:00
Continua depois da publicidade

Tratando-se de investimentos, não é incomum escutar por aí que isso é para quem tem muito dinheiro. Isto porque, pela falta de informação e poucos conhecimentos sobre investimentos e ações, muitas pessoas acreditam que não são capazes de investir e ter uma boa renda a partir disso. Porém, hoje é possível se inserir no mercado financeiro mesmo com pouco dinheiro, já que existem diversas formas de investir, que estão diretamente relacionadas ao tipo de investidor e ao objetivo de cada um.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


Contudo, para aumentar o patrimônio e fazer o dinheiro render, são necessários investimentos adequados e boas estratégias, prezando pela segurança financeira, além de paciência, já que bons resultados aparecem a longo prazo.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


Analisando essas primeiras questões, é importante definir os objetivos a serem atingidos e estudar o tripé dos investimentos: rentabilidade, riscos e liquidez. Isso pode influenciar diretamente na escolha de como começar a investir.


A rentabilidade tem relação com a porção de dinheiro que se deseja obter a partir de um investimento. A variação do mercado financeiro e das taxas em questão, fazem com que o dinheiro se multiplique e, ao final, isso pode fazer a diferença na carteira do investidor. 

Continua depois da publicidade


Já os riscos de perda e a liquidez representam a facilidade em converter o investimento em dinheiro, sem perder tanto. Isso acontece quando, por exemplo, é necessário retirar o dinheiro investido por uma perda de emprego, motivos de saúde ou acidente. É importante priorizar aqueles que tenham o maior potencial de ganho com baixo risco de perdas.


Analisando o mercado financeiro, é possível enxergar opções mais rentáveis do que a poupança comum, como nos casos dos Títulos Públicos do Tesouro Direto, por exemplo. O Tesouro Selic é um dos investimentos mais conhecidos, mesmo para quem quer investir com pouco dinheiro, e sua variação acompanha a taxa básica de juros.


Neste caso, o investidor empresta o seu dinheiro ao Governo por um tempo determinado e, posteriormente, recebe o que emprestou, junto com os juros acordados. Além disso, é considerado muito seguro, já que o investidor se torna credor do Governo, que dificilmente deixará de pagar suas dívidas.


Outro investimento conhecido é a LCI (Letras de Crédito Imobiliário), que são títulos de renda fixa, onde o investidor empresta o seu dinheiro à instituição bancária e, posteriormente, ela paga uma remuneração específica, com índice de juros muito próximo à taxa Selic. Além disso é uma aplicação segura e rentável, já que é isenta do Imposto de Renda.


Os fundos de investimentos também são alternativas válidas para quem quer começar a investir com pouco dinheiro. Além de seguro, tem uma boa liquidez e rentabilidade. Nesta opção, os investidores aplicam seus capitais de forma conjunta no fundo. Este investimento é transformado em cotas e cada um tem a sua. Possui uma administração por um gestor especializado, que busca maiores ganhos.


Há muitas formas de investir, ainda que com pouco dinheiro. Analisando o perfil do investidor, os objetivos e criando uma boa estratégia, é possível atingir bons resultados com investimentos. 

Continue lendo