Pesquisar

Canais

Serviços

Gustavo Carneiro/Grupo Folha
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Situação já dura meses

Funcionários da UPA do Jardim do Sol, em Londrina, dizem estar sendo agredidos por moradores de rua

Rafael Machado - Grupo Folha
28 out 2021 às 17:27
Continua depois da publicidade

Funcionários da UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Jardim do Sol, zona oeste de Londrina, denunciaram a vereadores que estão sendo agredidos verbal e fisicamente por moradores de rua que ficam do lado de fora. 

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


O caso foi comunicado aos integrantes da Comissão de Seguridade Social da Câmara Municipal, que foram ao local ouvir as reclamações.

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade


De acordo com a vereadora Lenir de Assis (PT), presidente da comissão, as intimidações vêm acontecendo há alguns meses. 


"As pessoas em situação de rua ficam na UPA porque ali tem água, banheiro, além da comida servida principalmente por grupos religiosos. Só que isso tem provocado conflitos com os servidores, que estão com medo", diz.


Para a parlamentar, não há solução rápida para o problema. "Os moradores de rua não têm onde ficar, por isso procuram os espaços públicos. Por outro lado, o atendimento aos usuários não pode ser prejudicado, ainda mais para os trabalhadores. Não dá pra resolver só levando em consideração a segurança, mas a ampliação de políticas públicas para essas pessoas", declara.

Continua depois da publicidade


Continue lendo em Folha de Londrina


Continue lendo