Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
'Pelo bem comum'

Papa Francisco pede 'nova economia' inclusiva e que não 'deprede'

Redação Bonde com Ansa Brasil
21 out 2022 às 16:01
- Pixabay
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O papa Francisco pediu nesta sexta-feira (21) a criação de uma "nova economia" que priorize o "bem comum".   A declaração foi dada durante audiência com uma organização de empresários cristãos, a Uniapac, a quem o líder católico disse que o slogan "não deixar ninguém para trás" é muitas vezes pronunciado sem qualquer intenção de torná-lo realidade.


"É preciso criar uma nova economia pelo bem comum. Não há dúvidas de que o nosso mundo necessita urgentemente de uma economia diversa, uma que faça viver e que não mate, que inclua ao invés de excluir, que cuide da criação em vez de depredar", afirmou o pontífice.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


Segundo Francisco, todos "têm o direito de participar da vida econômica e o dever de contribuir, de acordo com as próprias capacidades, para o progresso de seu país e de toda a família humana".

Leia mais:

Imagem de destaque
Relações internacionais

Longe da líder China, EUA miram qualidade na relação comercial com Brasil

Imagem de destaque
Críticas

Movimento 'Blockout' nas redes sociais mira celebridades nos EUA

Imagem de destaque
Treta

Travis Scott e Tyga brigam durante festa em Cannes

Imagem de destaque
Flórida

Justiça dos EUA marca julgamento de processo para indenização das vítimas do voo da Chapecoense


"Qualquer nova economia pelo bem comum precisa ser inclusiva", acrescentou.

Publicidade

Últimas notícias

Publicidade