Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Sua parte

Reciclar óleo de cozinha pode diminuir aquecimento global

Redação Bonde
04 mar 2007 às 17:22
Metano proveniente da decomposição do gás de cozinha contribui para o efeito estufa - Reprodução
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

As discussões acerca dos efeitos e as formas de reduzir o aquecimento global sobre o planeta estão em plena discussão. Os dados do Centro Nacional para Pesquisa Atmosférica dos EUA (IPCC) apontam que a temperatura média do planeta deve aumentar cerca de 4 graus Celsius até o final do século.

Além disso, fenômenos como o degelo nas regiões mais frias do planeta, a falta de água, aumento de furacões e tempestades podem afetar a agricultura e modificar drasticamente a paisagem. Um novo documento deve ser divulgado em abril deste ano, com o detalhamento das áreas mais afetadas do planeta.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O cidadão comum pode ajudar na diminuição deste fenômeno? A simples atitude de não jogar o óleo de cozinha usado direto no lixo ou no ralo da pia pode contribuir para diminuir o aquecimento global. O professor do Centro de Estudos Integrados sobre Meio Ambiente e Mudanças Climáticas da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Alexandre D’Avignon, explica que a decomposição do óleo de cozinha emite metano na atmosfera. O metano é um dos principais gases que causam o efeito estufa, que contribui para o aquecimento da terra. Segundo ele, o óleo de cozinha que muitas vezes vai para o ralo pia acaba chegando no oceano pelas redes de esgoto.

Leia mais:

Imagem de destaque
Dia dos Pais

Kate Middleton homenageia príncipe William com imagem inédita e mensagem de amor

Imagem de destaque
Crystal

Como funciona o Cirque du Soleil, que leva espetáculo de gelo ao Rio e a São Paulo

Imagem de destaque
Proibido em 21 países

Saiba como é a legislação sobre aborto ao redor do mundo

Imagem de destaque

PL antiaborto deixa a lei brasileira tão dura quanto a de países como Afeganistão e Indonésia


Em contato com a água do mar, esse resíduo líquido passa por reações químicas que resultam em emissão de metano. "Você acaba tendo a decomposição e a geração de metano, através de uma ação anaeróbica [sem ar] de bactérias".

Publicidade


Mas o que fazer com o óleo vegetal que não será mais usado? A maioria dos ambientalistas concorda que não existe um modelo de descarte ideal do produto. Uma das alternativas é reaproveitar o óleo de cozinha para fazer sabão.


D’Avignon defende que quanto mais o cidadão evitar o descarte do óleo no lixo comum, mais estará contribuindo para preservar o meio ambiente. Segundo ele, uma das soluções é entregar o óleo usado a um catador de material reciclável ou diretamente a associações que façam a reciclagem do produto.

Publicidade


Receita para fazer sabão a partir do óleo de cozinha


Material

Publicidade


5 litros de óleo de cozinha usado
2 litros de água
200 mililitros de amaciante
1 quilo de soda cáustica em escama


Preparo

Publicidade


Coloque a soda em escamas no fundo de um balde cuidadosamente
Coloque, com cuidado, a água fervendo
Mexa até diluir todas as escamas da soda
Adicione o óleo e mexa
Adicione o amaciante e mexa novamente
Jogue a mistura numa fôrma e espere secar
Corte o sabão em barras


ATENÇÃO: A soda cáustica pode causar queimaduras na pele. O ideal é usar luvas e utensílios de madeira ou plástico para preparar a mistura.

Com informações da Agência Brasil


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade