Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Justiça do Paraná

Ação Popular denuncia nepotismo no governo Requião

Redação - Bonde
06 jan 2004 às 09:31
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O empresário Ghilhobel Aurélio Camargo ajuizou, na última segunda-feira, uma ação popular na Justiça do Paraná em que solicita a anulação dos decretos de nomeação de cinco parentes do governador Roberto Requião. Os parentes foram nomeados em 2003.

A ação questiona a nomeação da mulher de Requião, Maristela Quarenghi Mello e Silva na função de assessora especial, e as dos irmãos Maurício Requião, secretário estadual da Educação, e Eduardo Requião, superintendente dos portos de Paranaguá e Antonina.

Cadastre-se em nossa newsletter

Na ação o empresário também pede que, no caso de condenação, os parentes percam os cargos e sejam obrigados a devolver os valores recebidos. Segundo a Folha de São Paulo o governador teria indicado 26 parentes e nomeado, ao menos, nove. A ação é defendida pelo advogado José Cid Câmpelo Filho.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade