Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
No Paraná

Bebê, criança e dois adolescentes morrem afogados

Loriane Comeli - Redação Bonde
26 out 2009 às 15:40
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

Este final de semana foi trágico no Paraná para três famílias, que perderam seus filhos afogados. O primeiro caso foi às 14 horas deste domingo (26) em Cornélio Procópio. Mirivani da Silva, de 14 anos, estava brincando no Lago São Luiz, na zona urbana da cidade, quando se afogou.

Adolescentes que brincavam com ela, disseram que Mirivani não sabia nadar e teria ido, acidentalmente para um local mais fundo. "Chegamos e tivemos que mergulhar porque ela estava no fundo do lago. Fizemos o resgate, mas ela já estava sem vida", relatou o cabo Moacir, do Siate de Cornélio.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O Lago São Luiz é uma área de lazer, onde há pista de caminhada e outros atrativos. Porém, não seria permitido nadar naquelas águas.

Leia mais:

Imagem de destaque
Spikevax

Paraná recebe primeiro lote com 136.800 doses da vacina atualizada da Covid-19

Imagem de destaque
S. José dos Pinhais

Trabalhadores da Renault em fábrica no Paraná entram em greve

Imagem de destaque
Região

Motor de caminhão pega fogo quando trafegava na PR-092 em Siqueira Campos

Imagem de destaque
Confuso

Motorista se envolve em acidente, mas não sabe como ocorreu em Bela Vista do Paraíso


Em rio

Publicidade


Por volta de 17 horas, os Bombeiros de Umuarama foram chamados para socorrer um menino de 15 anos em Brasilândia do Sul, município distante 60 quilômetros de Umuarama.


O rapaz estava nadando no Rio Jacaré, na zona rural, com amigos, quando acabou puxado pela correnteza e foi ao fundo do rio. Os socorristas mergulharam e resgataram o corpo de Luciano Fernando de Lima, já sem vida.

Publicidade


Bebê


Outra ocorrência trágica foi em Morretes, no litoral do Paraná. Um bebê de um ano e dez meses – Fabrício Rosner – morreu afogado no tanque de peixes da família. O fato foi por volta de 17h30, no bairro Candonga.

Publicidade


"A família disse que sentiu falta do garoto e quando foi procurá-lo, encontrou o corpinho dele boiando no tanque de peixe", contou o sargento Pires.


Os pais do garoto tiraram o menino do tanque o estavam levando para a cidade; a viatura encontrou a família no caminho e tentou reanimar o bebê, mas não foi possível.

Publicidade


No sábado


Na tarde de sábado a menina Danielle Aparecida da Silva, 9 anos, morreu afogada em Ortigueira, distante 113 quilômetros de Apucarana. A garota estava na companhia da avó e de outros familiares, mas acabou sumindo.

Ela foi encontrada dentro de um rio do município, onde muitas pessoas costumam tomar banho, mas já estava sem vida.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade