09/12/19
32º/19ºLONDRINA
PUBLICIDADE
Começa na terça-feira

Nove voos marcam estreia do programa Voe Paraná

Nove voos ligando seis cidades marcam a largada do programa Voe Paraná. A rota inaugural parte de Campo Mourão, no Centro-Oeste, às 7h20 de terça-feira (22), com destino a Curitiba. O tempo é estimado em 1h30. Haverá ainda, no mesmo dia, os voos entre Curitiba e Guaíra (ida e volta), Curitiba e Paranaguá (ida e volta) e Curitiba e Francisco Beltrão, com escala em União da Vitória (ida e volta).

Divulgação/Aen
Divulgação/Aen


O Governador Carlos Massa Ratinho Junior vai participar do primeiro dia de funcionamento do programa. Ele estará no Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, a partir das 10 horas, para recepcionar os passageiros que se preparam para embarcar nos voos Curitiba-União da Vitória e Curitiba-Guaíra, ambos com saída marcada para as 12h15. Está previsto um batismo das aeronaves com jato de água.

"É o maior projeto de aviação regional da história do Estado. Nosso planejamento sempre foi fazer com que a Capital e o Interior ficassem mais próximos, desenvolvendo o Paraná por completo, levando mais indústrias para outras regiões e consequentemente gerando mais empregos”, afirmou o governador Ratinho Junior.

QUARTA-FEIRA – No dia seguinte, quarta-feira (23), haverá a estreia das linhas Curitiba-Arapongas (ida e volta); Curitiba-Paranavaí (ida e volta); Curitiba-Campo Mourão (ida); Telêmaco Borba-Cornélio Procópio (ida e volta); Telêmaco Borba-Curitiba (ida) e Curitiba-Cianorte (ida).

Ao todo, serão 55 voos semanais ofertados pela Gol para 12 cidades do interior. É maior programa regional da empresa no País. Apucarana e Guarapuava são os outros municípios beneficiados pelo projeto, mas os aeroportos se encontram em fase final de readequação. Todas as cidades contam com população variando entre 32 mil e 155 mil habitantes.

OUTROS VOOS - Além das rotas que integram o Voe Paraná, a Gol mantém outros 318 voos mensais no Paraná. A aérea oferta 14 mil assentos por dia no Estado, 4º maior do País, atrás apenas de São Paulo, Rio de Janeiro e Distrito Federal. Entre as cidades de maiores destinos estão Rio de Janeiro, São Paulo, Brasília, Porto Alegre, Foz do Iguaçu, Maringá e Cascavel. A companhia ainda conta com voos regulares para Londrina.

AZUL – A Azul também ampliou a lista de voos ofertados no Paraná. Em janeiro a empresa operava com 323 decolagens, número que saltou para 391. A companhia está em oito cidades: Curitiba, Maringá, Foz do Iguaçu, Londrina, Cascavel, Ponta Grossa, Pato Branco e Toledo. São 52.838 assentos ofertados no total, atrás apenas de São Paulo e Minas Gerais.

O Governo do Estado e a Azul acertam, ainda, os últimos detalhes para abrir a linha Umuarama-Curitiba. É a terceira nova rota dentro do Estado apenas neste ano. Assim que o aeroporto ficar pronto, ele será certificado pela Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) e a intenção da companhia é começar a operação em até 60 dias.

LATAM – A Latam anunciou a abertura de 71 novos voos semanais no Estado no primeiro semestre. A frequência passou de 198 para 290 por semana, aumento de 17%. A companhia já operava outras rotas regulares em Curitiba, Foz do Iguaçu e Londrina e, agora, Maringá se transformou na quarta base paranaense, o que encerra uma espera de 11 anos.

REDE – Os avanços conquistados nos últimos meses consolidam o Paraná como uma das maiores redes do País em volume de decolagens domésticas por semana. O Estado é o terceiro maior mercado da Azul e o quarto para a Gol e para a Latam. Para ampliar as frequências, o governo reduziu a alíquota do ICMS da querosene de aviação de 18% para 7%.

INTERNACIONAL – As rotas internacionais também aumentam. A empresa JetSmart anunciou que iniciará no dia 5 de janeiro voos regulares entre Foz do Iguaçu e Santiago (Chile). A Latam vai ampliar a rota entre Foz e Lima (Peru) e oferecer a ligação entre Curitiba-Assunção (Paraguai), em parceria com a Paranair. A companhia também começa a operar, em março, o voo direto entre Curitiba e Santiago – as passagens já estão sendo comercializadas. A Gol programou novos voos entre Foz e a capital chilena entre dezembro e março.
Redação Bonde com AEN
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
comentários
Continue lendo
Veja mais e a capa do canal
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE