Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Prevenção de depressão e burnout

Palestra no Paraná trata da saúde mental de cuidadores de pessoas com deficiência

Reportagem Local
01 abr 2024 às 08:30
- Reprodução/Canva
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

No mês de abril o mundo celebrará o Dia Mundial do Autismo (2 de abril), um momento crucial para refletir não apenas sobre a inclusão e aceitação das pessoas com autismo, mas também sobre a importância de cuidar daqueles que cuidam delas. 


Nesse contexto, o médico psiquiatra e professor titular do departamento de psiquiatria da Faculdade de Medicina da USP, Wagner Gattaz, trará sua expertise sobre o tema para o Simpósio Nacional da Síndrome do X Frágil e Autismo.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O foco da palestra será "Como detectar e prevenir depressão e burnout em quem cuida da pessoa com síndrome do X frágil e autismo". Ele destaca que a saúde mental dos cuidadores é um pré-requisito básico para que possam exercer sua atividade com serenidade e competência, aproveitando ao máximo suas habilidades.

Leia mais:

Imagem de destaque

Rompimento de adutora afeta abastecimento em bairros de Apucarana

Imagem de destaque
Nesta semana

Técnicos do IAT de Pitanga resgatam filhote de coruja-buraqueira

Imagem de destaque
Na próxima semana

Fórum de turismo religioso que acontecerá em Lunardelli segue com inscrições abertas

Imagem de destaque
Aedes avança pelo PR

Saúde confirma oito mortes por dengue em Londrina e Rolândia; confira dados do boletim


"A depressão e o burnout são desafios significativos enfrentados pelos cuidadores", explica Gattaz. "Essas condições podem se manifestar de diversas formas, incluindo desânimo, falta de prazer nas atividades diárias, ansiedade, insônia e dores físicas difusas”, pontua.

Publicidade


O cuidado de pessoas com deficiências, como a síndrome do X frágil e o autismo, frequentemente impõe desafios e frustrações aos cuidadores, aumentando o risco de transtornos mentais comuns, como depressão e ansiedade. 


ESTRATÉGIAS

Publicidade


Uma das principais estratégias para prevenir esses problemas é não fazer do cuidado dos pacientes o único propósito de vida. 


O médico enfatiza a importância de cultivar interesses e atividades que não estejam diretamente relacionados à condição clínica, além de aprender técnicas de meditação e relaxamento, como o mindfulness, para proporcionar alívio e distanciamento necessário da atividade de cuidador.


Leia a reportagem completa na FOLHA DE LONDRINA:


Imagem
Palestra trata da saúde mental de cuidadores de pessoas com deficiência
Descubra como prevenir a depressão e o burnout em cuidadores de pessoas com autismo e síndrome do X frágil. Palestra com o médico psiquiatra Wagner Gattaz."
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade