Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Corpo foi esquartejado

Acusado de matar Tatiane Jezualdo pode pegar 51 anos de prisão

Redação Bonde com MP-PR
31 jul 2014 às 20:48
- Reprodução/Facebook
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A Promotoria de Justiça de Ubiratã apresentou denúncia nesta quarta-feira (30) contra Anderson de Oliveira, 28 anos, acusado de matar Tatiane Jezualdo, 25 anos, no mês passado após oferecer uma carona à colega de trabalho.

O acusado responderá pelos crimes de sequestro qualificado; estupro; homicídio triplamente qualificado (cometido por motivo torpe; com emprego de asfixia e mediante uso de recurso que dificultou a defesa da vítima); vilipêndio e ocultação de cadáver. Somadas, as penas para esses crimes podem atingir 51 anos de prisão, além de multa.

Cadastre-se em nossa newsletter

Conforme a denúncia, apresentada pelo promotor de Justiça Carlos Alberto Dias Torres, o denunciado afirmou que iria levar a vítima para a empresa, mas desviou do caminho. Em seguida, ele forçou a jovem à prática de ato libidinoso, filmando-a despida e com as mãos atadas em cenas sensuais. Na sequência, ele matou Tatiane por estrangulamento. O corpo foi esquartejado e algumas partes foram queimadas e jogadas num rio.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade