Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Tragédia no Rio

Bala perdida mata cabeleireira

Redação - Bonde
21 jan 2004 às 12:01
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A cabeleireira Simere de Oliveira Amaral, 34 anos, morreu ao ser atingida na cabeça por uma bala perdida quando seguia com a família no Santana Quantum KMH-1267, na pista sentido Ilha do Fundão da Linha Amarela, altura do Complexo da Maré, no início da noite de ontem.

O carro passava no momento em que policiais do 22º BPM (Maré) e traficantes da Vila dos Pinheiros trocavam tiros. No confronto, cinco moradores da comunidade e outro motorista que passava pela Linha Amarela acabaram feridos. A bala de fuzil que matou Simere ainda feriu seu marido, o farmacêutico Délio Pereira Amaral, 40.

Cadastre-se em nossa newsletter


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade