09/12/19
32º/19ºLONDRINA
Operação Sete Capitães

Empresa de Rolândia é suspeita de furtar petróleo no Rio de Janeiro

A Polícia Civil do Paraná e o Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) cumprem um mandado de busca e apreensão em Rolândia, nesta terça-feira (5), em um escritório envolvido em um esquema de desvio de furto de petróleo e derivados no Norte Fluminense. A ação das corporações paranaenses são em apoio à Operação Sete Capitães, deflagrada pela Delegacia de Defesa de serviços Delegados da Polícia Civil do Rio de Janeiro e pelo Ministério Público daquele Estado.

As investigações da Polícia Civil fluminense indicam que o bando fazia, em média, de duas a três retiradas por semana, totalizando cerca de 150 mil litros de petróleo e derivados. Os produtos seriam enviados em caminhões bitrens, com capacidade de armazenamento de 50 mil litros, para o Estado do Paraná.


LEIA MAIS: Esquema criminoso tinha a participação de policial militar e seguranças que vigiavam dutos da Petrobras
Luís Fernando Wiltemburg
Grupo Folha
comentários
Continue lendo
Aposentadoria

O que NÃO mudou na Reforma da Previdência

No domingo

Jovem é morto a tiros na zona oeste de Londrina

'Polentaço!'

Veja o cardápio desta segunda no Restaurante Popular

Confira a previsão

Londrina volta a ter tempo instável nesta segunda

Veja mais e a capa do canal