Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
"Cobra d´ Água"

Operação da PF desarticula quadrilhas no Oeste do PR

Redação Bonde
17 abr 2007 às 20:51
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A Polícia Federal em Guaíra colocou em prática nesta terça-feira a maior operação já realizada de combate ao contrabando e ao descaminho de mercadorias trazidas do Paraguai através do Lago Itaipu e Rio Paraná. Batizada de ''Cobra d'Água'', a ação reuniu cerca de 280 policiais federais que tentaram cumprir mais de 100 mandados de prisões e de busca e apreensão contra membros de seis organizações criminosas baseadas na Região Oeste do Estado.

As 103 ordens - 46 de prisões e 57 de busca e apreensão - aconteceram nas cidades paranaenses de Guaíra, Altônia, Umuarama, Loanda, Goioerê e Tuneiras do Oeste, além de Mundo Novo, no Mato Grosso do Sul.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


As seis quadrilhas desbaratadas pela operação se ajudavam mutuamente no contrabando pelo Lago de Itaipu/Rio Paraná e também por rodovias do Paraná e de São Paulo. Dentre as 57 pessoas presas (e mais 4 adolescentes apreendidos), está um sargento da Polícia Militar Ambiental de Mundo Novo (MS) e um vereador de Altônia.

Leia mais:

Imagem de destaque
Jardim Shangri-Lá

Homem tenta roubar comerciante, apanha de morador de rua e acaba preso em Londrina

Imagem de destaque
Sudeste do Paraná

Homem é preso com maconha embrulhada em papel de presente infantil em Irati

Imagem de destaque
No oeste do Estado

Mulher é detida no PR com quase 300 quilos de droga nos bancos e bagageiro do carro

Imagem de destaque
Suspeito de traficar drogas e armas

Motorista de caminhonete furtada morre em troca de tiros com a Polícia Militar em Londrina


Segundo a PF, até o final da tarde a operação "Cobra d´ Água" contabilizou a apreensão de mais 10 mil caixas de cigarros, 108 mil CDs/DVDs virgem, 60 mil itens diversos, 4,6 mil peças de informática, pedras preciosas, dois mil itens de perfumaria, mil peças para carros e motos, 138 pneus, 80 kg de agrotóxico, quatro armas e 36 cartuchos, 40 embarcações, 50 automóveis, 13 caminhões, três carretas, duas camionetes e duas motocicletas.


Entre as apreensões está ainda um trator semi-novo encontrado em propriedade rural de Milton Reberti, chefe de uma das maiores quadrilhas entre as seis investigadas e desarticuladas pela Polícia Federal.

Uma rua em frente da Delegacia teve que ser interditada para servir de estacionamento para os automóveis, caminhões, barcos e lanchas apreendidos.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade