Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Retaliação

Polícia descobre plano para matar presidente da OAB

Simone Albieri - Redação Bonde
25 jun 2009 às 17:42
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O Governo do Rio de Janeiro descobriu, durante esta semana, a existência de um plano para o assassinato do presidente da OAB-RJ (Ordem dos Advogados do Brasil no Rio de Janeiro), Wadih Damous. Agora ele circula sob proteção de uma escolta armada.

De acordo com informações de William Maia, do Última Instância, Damous prestou depoimento à polícia e não descarta a hipótese de se tratar de uma retaliação por sua atuação à frente da Ordem.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


O plano foi descoberto após informações chegarem pelo Disque-Denúncia. Os supostos criminosos conheciam todos os endereços e passos dados pelo presidente da Ordem.

Leia mais:

Imagem de destaque
Corpo foi recolhido

Adolescente de 17 anos é encontrado morto perto de mata no Centro de Londrina

Imagem de destaque
Fez falsas acusações

Homem é preso por xingar e ameaçar vizinho no Jardim Interlagos, em Londrina

Imagem de destaque
Polícia Civil investiga o caso

Homem atacado com madeira e tijolos é encontrado morto em quintal de casa em Jacarezinho

Imagem de destaque
Ranking

Paraná é o estado que mais apreendeu maconha no Brasil no primeiro trimestre de 2024


Segundo a OAB-RJ, um dos seguranças que fazem parte da escolta anotou a placa de um carro que seguia Damous logo após ele sair da seccional.

A Secretaria de Segurança Pública do Rio não quis falar sobre o assunto, alegando que se trata de uma questão de inteligência policial.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade