Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Interior do Paraná

Preso suspeito de agredir e estuprar mulheres

Redação Bonde
04 jun 2009 às 09:45
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A Polícia Civil de Pato Branco (sSudoeste do Paraná) prendeu um homem suspeito de estuprar duas mulheres na cidade. A prisão envolveu policiais da 5ª Subdivisão e da Divisão Estadual de Narcóticos (Denarc) da cidade. Etson da Silva (25) foi identificado pela vítimas e preso após decisão da Justiça.

De acordo com a polícia, o crime aconteceu na madrugada de sábado (30) quando Etson teria invadido o carro em que as vítimas estavam pela porta traseira e as ameaçado com uma faca. "Ele então obrigou a motorista a dirigir até uma estrada rural afastada da cidade", contou o delegado Adriano Chohfi.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade


Ali, estuprou as duas mulheres, roubou três celulares, R$ 150 em dinheiro e o aparelho de som do carro. Depois abandonou as vítimas em uma estrada rural. No dia seguinte do crime, a polícia encontrou o carro abandonado na área central de Pato Branco.

Leia mais:

Imagem de destaque
Quatro ocorrências distintas

Em três horas, PRF apreende quase uma tonelada de maconha no Paraná

Imagem de destaque
Crime aconteceu em 2018

Homem que deu choques e chutou companheira para induzir aborto é condenado à prisão no Paraná

Imagem de destaque
Operação Maio Laranja

Homem é preso por armazenar fotos e vídeos de abuso sexual infantil em celular no Jardim Shangri-Lá

Imagem de destaque
Jardim Shangri-Lá

Homem tenta roubar comerciante, apanha de morador de rua e acaba preso em Londrina

Durante a investigação, os policiais identificaram que Etson trabalhava há um mês como motorista de caminhão da prefeitura. Ele foi detido e encaminhado para a delegacia, onde foi reconhecido pelas vítimas. Em seguida, teve a prisão temporária decretada pela Justiça. "Agora, as investigações continuam para saber se ele tem envolvimento com outros estupros ocorridos na cidade", disse o delegado.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade