Pesquisar

Canais

Serviços

- Rafael Machado/Grupo Folha
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Remédio amargo

Remédio amargo: idoso vai à farmácia no centro e tem moto furtada

Rafael Machado - Grupo Folha
23 jul 2021 às 19:14
Continua depois da publicidade

Nem a presença de operários que estão revitalizando o Bosque Central, nem o corre-corre das pessoas no final do dia e muito menos a falta de vergonha impediram um criminoso de furtar uma moto na tarde desta sexta-feira (23) na Avenida Rio de Janeiro, na frente da Biblioteca Municipal. A vítima foi um idoso de 75 anos, que registrou um boletim de ocorrência na Central de Flagrantes da Polícia Civil. "Fui buscar um remédio na farmácia da prefeitura, bem ali pertinho, e quando voltei, ela não estava mais lá", disse.

Continua depois da publicidade


Aposentado do campo, onde trabalhou por muitos anos como agricultor, o senhor diz que a motocicleta tem um valor sentimental. "Ela é antiguinha, de 1996. Comprei há 23 anos e usava para circular pela cidade. Mesmo velhinha, cuido bem. Eu até tinha colocado um segredo para cortar a ignição, mas não lembro se acionei. A gente tá muito no automático e às vezes nem lembra disso, né?", contou. O modelo é XR125, com placa AGG-3178.

Continua depois da publicidade

Para o idoso, a longa fila na farmácia municipal pode ter ajudado o ladrão a sair impune. "Sempre que vou lá, não demora mais que cinco minutos. Hoje demorei 40 minutos pra ser atendido. Não desconfiei de ninguém ali. Não vi nenhum suspeito. O jeito agora é esperar uma resposta da polícia, né?", lamentou, já deixando a delegacia.


Continue lendo