Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Caso Moro seja cassado

Com possível eleição suplementar no Paraná, Ricardo Barros afirma que irá concorrer ao Senado

Douglas Kuspiosz - Especial para a Folha de Londrina
27 nov 2023 às 20:04
- Billy Boss/Câmara dos Deputados
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O secretário estadual de Indústria, Comércio e Serviços, Ricardo Barros (PP), que está licenciado do cargo de deputado federal, afirmou à FOLHA nesta segunda-feira (27) que irá concorrer ao Senado caso seja convocada eleição suplementar no Paraná. Ele estava em Londrina para um encontro com o ministro do Esporte, André Fufuca (PP).


Esse é um cenário possível caso o senador Sergio Moro (União) seja cassado. Ele é alvo de uma ação de investigação judicial eleitoral (Aije) protocolada pelo PL (Partido Liberal) e pela Federação Brasil da Esperança (PT, PCdoB e PV) no TRE-PR (Tribunal Regional Eleitoral do Paraná). A acusação é de abuso de poder econômico durante as eleições de 2022. Caso seja condenado, Moro pode recorrer ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


“Eu acho que a expectativa é de que o senador Sergio Moro será cassado, pela documentação que está posta no processo. É uma iniciativa do Partido Liberal e do Partido dos Trabalhadores, que entraram com a ação contra o mandato dele. Nós do Progressistas não entramos. Mas, havendo a cassação, eu vou concorrer ao Senado, com outras lideranças, obviamente”, disse Barros. O anúncio da possível candidatura ocorreu na semana passada, durante sua festa de aniversário.

Leia mais:

Imagem de destaque
JULGAMENTO

Moraes vota para condenar mais 15 pelos atos golpistas de 8/1

Imagem de destaque
"Câmara é um poder independente"

Belinati evita polêmica e deve sancionar projetos de salários e mais comissionados na Câmara

Imagem de destaque
30,2 mil palestinos mortos

Brasil diz que governo de Israel 'não tem qualquer limite ético ou legal' em Gaza

Imagem de destaque
Ano de 2023

Prefeitura e Câmara de Londrina prestam contas sobre receitas e gastos


Barros já concorreu a senador nas eleições de 2010, quando ficou em quarto lugar com quase 2,2 milhões de votos. No ano passado, foi reeleito deputado federal com 107 mil votos.


CONTINUE LENDO NA FOLHA DE LONDRINA:

Com possível eleição suplementar, Ricardo Barros diz que irá concorrer ao Senado
O pleito pode ser convocado caso o senador Sergio Moro seja cassado
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade