Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade

Copel: População poderá conferir a votação

Redação - Folha do Paraná
14 ago 2001 às 09:18
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade
O presidente da Assembléia, Hermes Brandão (PTB), disse que a votação será aberta - cada deputado irá declarar publicamente seu voto - e serão disponibilizados 300 lugares para a população acompanhar o processo. As galerias serão divididas pela metade, para os grupos pró e contra a venda da estatal.
Por enquanto, o clima ainda é de indefinição. O placar de votação, diante da pesquisa feita pela Folha, está equilibrado e alguns deputados indecisos, como Ricardo Chab (PTB) e Moysés Leônidas (PSB), ainda não se posicionaram com mais intensidade.
Antes da votação sobre a terceirização da estatal, estarão na pauta outros projetos contra a venda da Copel. O primeiro a ser votado será o do deputado Divanir Braz Palma (PST), que suspende por 90 dias o processo de privatização. Braz Palma acredita que a oposição vai apoiar seu projeto "se sentir que pode perder no projeto popular". Oposicionistas sinalizaram com essa possibilidade. O segundo será o projeto popular, e o último o de autoria do líder do PPB, Tony Garcia, que também revoga a Lei 12.355.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade