Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Eleições municipais

Delegado Águila Misuta será o candidato do MDB em Londrina

Guilherme Marconi/Grupo Folha
16 set 2020 às 08:56
- Divulgação
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O MDB oficializou na noite desta terça-feira (15) o nome do delegado aposentado da Polícia Civil e professor de direito Águila Misuta como candidato a prefeito de Londrina em convenção partidária virtual. O vice da chapa não foi definido ainda, mas deverá sair de um dos quatro partidos que vão compor a chapa: DC, PMN, PRTB e PMB.


A coligação será denominada "Londrina no século 21", porque segundo o agora candidato, apesar do século ter começado há duas décadas, o município ainda opera de forma arcaica na gestão pública. Formado também em arquitetura, o ex-delegado diz que quer se dedicar ao planejamento urbano. "Temos que ter olhar técnico. Nossa cidade carece de um planejamento urbano apropriado".

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Veja também: Sociólogo e publicitário Marcio Sanches é candidato pelo PC do B em Londrina

Leia mais:

Imagem de destaque
Câmara

Bancada evangélica quer definição de relator do PL antiaborto, e esquerda, adiar discussão

Imagem de destaque
Saiba mais

Ala do STF vê margem para atuar contra lei antiaborto e PEC das Drogas

Imagem de destaque
Entenda

PL antiaborto dá margem para que interrupções por risco à vida ou anencefalia sejam afetadas

Imagem de destaque
Práticas antissindicais

Seis centrais sindicais denunciam Ratinho Junior à Organização Internacional do Trabalho


Sobre o Plano Diretor em debate na Câmara Municipal, Misuta afirma que o processo é marcado por equívocos. "Temos ter que um olhar jurídico sobre o tema, o Estatuto das Cidades diz que o plano precisa ser revistado a cada 10 anos, não ser totalmente refeito, gerando um trauma na cidade. Precisamos de um modelo que traga desenvolvimento."


Como proposta, o candidato do MDB antecipa que quer aplicar um modelo de cidade inteligente. "Com implemento de tecnologia para sair da mesmice. Esse é um dos grandes debates da gestão pública, que deve ser técnica e não amadora. Mas vamos discutir também as demais áreas como segurança pública, em que atuei por duas décadas, empregabilidade e mobilidade urbana", cita, elencando alguns dos temas centrais nas eleições municipais.

Saiba mais sobre a trajetória do emedebista na Folha de Londrina.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade