Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Sobre enriquecimento ilícito

Empobreci como prefeito, alega Barbosa Neto

Guilherme Batista - Redação Bonde
14 jun 2012 às 19:41
- N.Com
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A Promotoria de Defesa do Patrimônio Público de Londrina investiga denúncia sobre um suposto enriquecimento ilícito do prefeito Barbosa Neto (PDT). Chamou a atenção do Ministério (MP) o fato de Barbosa, juntamente com o empresário Sérgio Malucelli, ter tentado adquirir, por R$ 4,5 milhões, uma emissora de rádio de Apucarana.

Os promotores investigam, ainda, um empréstimo, no valor de R$ 1 milhão, que Malucelli teria feito a Barbosa. O dinheiro, segundo investigação que corre paralelamente no Ministério Público Federal (MPF), teria sido utilizado no pagamento de propina a deputados federais do Rio de Janeiro em troca de apresentação de emendas para Londrina.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Em entrevista coletiva nesta quinta-feira (14), Barbosa negou as acusações e alegou que "empobreceu como prefeito". "Ao contrário do que todos pensam, ganhava mais dinheiro antes de assumir a prefeitura. Fizemos o caminho inverso", destacou o chefe do Executivo, referindo-se a outros políticos que, segundo ele, "ficaram ricos após assumirem o cargo de prefeito".

Leia mais:

Imagem de destaque
Em campanha

Biden está com Covid, diz Casa Branca; presidente dos EUA tem sintomas leves

Imagem de destaque
Oi?

Se o cara é corintiano, tudo bem, diz Lula sobre violência contra mulheres após jogos

Imagem de destaque
Veja as seis praças

Prefeito de Cambé sanciona lei que proíbe consumo de bebidas alcoólicas em praças públicas

Imagem de destaque
Tentativa de homicídio

Lula diz que violência é abominável, mas Trump vai tentar tirar proveito de atentado


Barbosa Neto falou também sobre o depoimento que será prestado por Sérgio Malucelli ao Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco) na próxima segunda-feira (18). O gestor do Londrina Esporte Clube foi intimado na quarta (13). "Ele vai conseguir esclarecer diversos pontos relacionados ao empréstimo", garantiu o prefeito.

Ele voltou a admitir que emprestou dinheiro de Malucelli, mas negou que foi R$ 1 milhão. "Nós fizemos diversos empréstimos. Ele foi nos passando. Inclusive está na declaração de Imposto de Renda dele. É algo até mais pessoal e quem tem que ver isso, realmente, é a Receita Federal. É um amigo emprestando o dinheiro do outro", argumentou Barbosa.


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade