Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
BNDES

Lessa entra na Justiça contra Brizola

Redação - Bonde
10 jan 2004 às 11:12
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

O Departamento Jurídico do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) entrou na Justiça com queixa-crime em nome do presidente do Banco, Carlos Lessa, contra o presidente nacional do PDT, Leonel Brizola.

Lessa considera-se "atingido em sua honra" pela matéria paga publicada ontem nos jornais Folha de São Paulo e O Globo sob o título "Decisões Suspeitas", assinada por Brizola.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


Carlos Lessa requer na interpelação judicial que o presidente do PDT seja "notificado e intimado a comparecer em juízo para confirmar ou se retratar das agressões feitas contra o presidente do Banco, acusado na matéria paga de ter perdoado dívida da empresa norte-americana AES, no valor de R$ 554 milhões".

Leia mais:

Imagem de destaque
Foragidos da Justiça

Condenados por atos golpistas em Brasília quebram tornozeleira e deixam país

Imagem de destaque
Corrida eleitoral

PL retira pré-candidatura de Bruno Ubiratan e vai indicar vice na chapa de Tiago Amaral

Imagem de destaque
STF

Moraes põe freio em ofensiva contra bolsonarismo e reduz tom em decisões

Imagem de destaque
Saiba mais

Ratinho Jr. tenta atrair bolsonarismo e lava-jatismo em eleição de Curitiba


Brizola é ainda denunciado "por ofensas à honra do presidente do BNDES, que requer sua condenação com base na Lei de Imprensa".O BNDES lembra ainda que "a dívida será considerada vencida e terá de ser paga se qualquer compromisso financeiro assumido pela AES não for rigorosamente cumprido. O primeiro compromisso, de US$ 90 milhões, vence no próximo dia 31".


Fonte: Agência Brasil (ABr)


Publicidade

Últimas notícias

Publicidade