Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade

Litro não deve pedir licença

Luciana Pombo - Folha do Paraná
17 ago 2001 às 11:00
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade
O deputado Luiz Fernandes Litro (PSDB), que teve problemas de saúde e foi retirado da Assembléia Legislativa no início da tarde de quarta-feira numa UTI Móvel, não irá pedir licença da Assembléia Legislativa. De acordo com o deputado Durval Amaral (PFL), líder do Governo, o parlamentar pode ficar até 30 dias longe dos trabalhos legislativos, sem que seja necessário o licenciamento. "Não há motivos para pedir o licenciamento. Se ele não puder vir na segunda-feira, faremos a votação sem ele", afirmou Amaral.
Litro está internado no Hospital Vita, em Curitiba, e passa bem. O último boletim médico divulgado ontem informava que ele permanecia com quadro clínico estável. Ele deve permanecer por mais 24 horas na Unidade Coronariana.
O deputado tucano sentiu fortes dores no peito e mal-estar na quarta-feira, por causa da pressão sofrida por conta do anúncio de mudança de voto. Litro era a favor do projeto que impede a venda da Copel, mas anunciou que vai votar com o governo.
Foi cogitado que Litro pediria licença para dar espaço ao seu suplente, Antonio Carlos Baratter (PDT). Baratter foi aliado do governo do Estado enquanto assumiu o cargo de parlamentar. Mas já declarou apoio ao projeto popular.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade