Pesquisar

Canais

Serviços

Publicidade
CONJUNTO CAFEZAL

Trecho com erosão na Estrada da Pedreira é interditado pela Prefeitura de Londrina

Redação Bonde com N.Com
23 fev 2024 às 16:37
- Emerson Dias/N.Com
siga o Bonde no Google News!
Publicidade
Publicidade

A Prefeitura de Londrina interditou na manhã de quinta-feira (22), um trecho de pista com erosão crescente na Estrada da Pedreira, localizada no Conjunto Cafezal, região sul. O bloqueio na via, que interliga os bairros na área do Cafezal com o Conjunto Jamile Dequech e o Jardim União da Vitória, é necessário para evitar acidentes no ponto de passagem sobre uma tubulação de concreto, onde o asfalto está deteriorado por conta do impacto das chuvas.


O trajeto que passa ao lado do Jardim Alto do Cafezal está fechado, nos dois sentidos, para quem utiliza a estrada que liga a região sul ao centro de Londrina. O ponto mais danificado fica em uma curva na qual a pista vem sendo invadida pela erosão, de ambos lados, estreitando a passagem de veículos e causando riscos de desabamento. Nesse local, a estrutura de canalização não suporta mais a vazão do curso de água, que acaba passando por cima da pista em dias de maior alagamento.

Cadastre-se em nossa newsletter

Publicidade
Publicidade


A Secretaria de Obras interditou a Estrada da Pedreira até que um projeto para a recomposição do trecho seja concluído, ainda sem prazo exato definido. A CMTU (Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização) instalou barreiras de concreto “New Jersey” para evitar, temporariamente, a passagem de veículos.

Leia mais:

Imagem de destaque
Contrabando

Em Rolândia, PF e PM encontram drogas em veículo puxado por caminhão guincho

Imagem de destaque
Obituário

Falecimentos dos dias 19 e 20 de abril de 2024 em Londrina e região

Imagem de destaque
12P/Pons-Brooks

'Cometa do Diabo' poderá ser visto no Brasil neste domingo; veja dicas para observar

Imagem de destaque
Nova Friburgo

Professora grampeia bilhete em uniforme de criança de 5 anos no Rio


O isolamento fecha a estrada logo em sua entrada a partir do final do Conjunto Cafezal, na altura da rua Alvizio Jarreta. Também abrange o outro sentido, de quem trafega vindo do Conjunto Jamile Dequech e passa pela Usina de Asfalto da Prefeitura, até chegar ao limite de conversão possível pela mesma estrada e já sinalizado. Assim, quem utiliza a Estrada da Pedreira poderá seguir seus trajetos somente utilizando a PR-445 em direção ao viaduto do União da Vitória/Jamile Dequech.

Publicidade


Imagem
Homem é atacado por cachorro pitbull e fica gravemente ferido em Arapongas
Um homem foi atacado por um cachorro da raça pitbull, por volta das 15h desta quinta-feira (22), em Arapongas (Região Metropolitana de Londrina).


Problema começou em 2016, após chuvas intensas em Londrina


O problema causado no trajeto pela área de tubulação começou em 2016, quando um período de fortes chuvas afetou diversas pontes e áreas de Londrina, e vem se agravando ao longo dos anos, com a degradação do asfalto. Esse ramal viário é utilizado diariamente por muitos automóveis e veículos pesados, incluindo caminhões que atendem a Usina de Asfalto da Prefeitura, localizada nessa abrangência da região sul.

Publicidade


Segundo o secretário municipal de Obras e Pavimentação, João Verçosa, a Prefeitura está fazendo estudos para avaliar qual será a melhor solução de revitalização do trecho afetado. “Nos últimos anos, foram realizadas intervenções pontuais para tentar conter os desgastes na pista da Estrada da Pedreira, mas será necessária uma obra mais sólida para resolver de vez o problema. Iremos elaborar um projeto e depois haverá a contratação dos serviços por meio de licitação, que podem ser para um novo e mais amplo ramal de tubulações em concreto com bueiros celulares, ou mesmo a construção de uma nova ponte”, indicou.


Prazo estimado para finalização das obras é de seis meses

Publicidade


Verçosa adiantou que o período estimado é de seis meses, no mínimo, até a contratação da obra. “Estamos trabalhando para que esse processo seja agilizado ao máximo. A obra é importantíssima para garantir a segurança dos motoristas e de todos que passam pelo local, que interliga bairros na zona sul e onde há muitas chácaras, sítios e estabelecimentos”, acrescentou.

Publicidade


As melhorias previstas serão executadas a exemplo do que ocorreu no córrego Água do Gramadinho, entre Irerê e Guairacá, que passava por situação similar e ganhou uma ponte construída pela Prefeitura.


Linha 214 via Cafezal alterou a rota por conta da interdição


Por conta da interdição, o transporte coletivo que passa por essa via, com a linha 214 via Cafezal, alterou seu trajeto desde quinta-feira (22). Agora, o atendimento à Estrada da Pedreira será parcial e com rota adaptada, utilizando a saída do bairro Jamile Dequech, indo até o campo de futebol e retornando pela PR-445. Portanto, o veículo parte do Jardim Acapulco e, no retorno, passa pela Estrada da Pedreira, com saídas em vários horários do dia (5h30, 7h, 7h30, 11h30, 13h30, 17h, 18h e 19h30).


LEIA TAMBÉM:


Imagem
Londrina terá história contada por livro que marcará os 90 anos do município
Berço do café, as histórias, os fatos e as curiosidades da "pequena Londres" vão ser reunidas em um livro, que vai presentear a cidade e os londrinenses por seus 90 anos, sejam eles de nascimento ou de coração.
Publicidade

Últimas notícias

Publicidade