Pesquisar

Canais

Serviços

Renato Navarro
Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade
Ambiente verde

Como cultivar plantas em apartamentos pequenos

Redação Bonde com assessoria de imprensa
07 jan 2022 às 16:21
Continua depois da publicidade

Plantas e flores deixam qualquer ambiente mais bonito e convidativo. O que muitos não sabem é que é possível e simples ter um cantinho verde em casa, até mesmo em um apartamento pequeno. A Vasart, empresa brasileira que produz vasos contemporâneos e sustentáveis a partir de polietileno 100% reciclável e 50% reciclado, nos ajuda nessa missão e dá dicas infalíveis.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE


A primeira etapa é escolher o ambiente correto. Em um apartamento, a sala de estar e a varanda são os locais perfeitos para decorar com vasos. Eles podem ser suspensos no teto, agrupados no chão ou em uma estante, em suportes aramados, uma parede vertical charmosa ou com a criação de uma hortinha (bem-vinda, inclusive na cozinha, ofertando temperos fresquinhos para o preparo de receitas especiais).

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

 

É recomendado escolher plantas que não cresçam muito, dessa forma, além de ser mais fácil de cuidar, economizamos espaço. Outra sugestão é procurar saber mais sobre a plantinha cultivada, dessa forma ela cresce de maneira sadia e satisfatória.


Algumas espécies que podem viver em apartamentos são: violetas, antúrios, begônias, orquídeas, azaleias, mini roseiras, mini cactos, pequenas suculentas em geral, pacovás, espada-de-são-jorge, costela-de-adão (e também a sua versão mini), lírio da paz, jiboias, samambaias, entre muitas outras. É possível ter plantas de todos os tamanhos e completar o espaço sobrando em seu apartamento, seja nas paredes ou no chão. Dessa forma terá sempre um ambiente bonito e colorido.

Continua depois da publicidade

 

É necessário sempre estar de olho no desenvolvimento da planta. Verifique o tamanho da espécie que pretende plantar. O vaso sempre deve ser grande o suficiente para que a planta não fique apertada e possa se desenvolver de forma plena.

Continue lendo