Pesquisar

Canais

Serviços

Continua depois da publicidade
Continua depois da publicidade

Kinoarte lança Revista Taturana e Haruo Ohara hj em SP

24 ago 2010 às 12:05
Continua depois da publicidade

A Kinoarte lança nessa terça-feira (24 de agosto de 2010) em São Paulo a sexta edição da revista taturana, publicação trimestral sobre cinema que conta com patrocínio do Ministério da Cultura. O lançamento da revista será a partir das 18 horas na Cinemateca Brasileira em meio à programação do 21º Festival Internacional de Curtas Metragens de São Paulo, o festival mais importante da América Latina para o formato de curta metragem. Na mesma Cinemateca, às 19h, será exibido o curta Haruo Ohara, nova produção da Kinoarte e que na semana passada recebeu cinco prêmios no 38º Festival de Cinema de Gramado: Melhor Filme (Júri Oficial e Júri Estudantil), Melhor Direção (para Rodrigo Grota), Melhor Fotografia (para Carlos Ebert) e Prêmio de Aquisição do Canal Brasil.

Continua depois da publicidade
PUBLICIDADE

A revista

Continua depois da publicidade


A taturana foi criada em novembro de 2007 com o objetivo de estimular a reflexão sobre o cinema independente brasileiro, com destaque para o formato de curta metragem. Desde agosto de 2009 a revista tem periodicidade trimestral e conta com uma tiragem de 2 mil exemplares e distribuição gratuita em festivais de cinema - tudo graças ao patrocínio do Ministério da Cultura via edital Pontos de Mídia Livre. Esse patrocínio foi renovado para o biênio 2010-2011, a partir de um edital em que a taturana ficou em 1º lugar entre as 44 iniciativas aprovadas. Editada em sua maior parte em Londrina, a revista conta também com colaboradores de outros Estados e mantém um blog desde junho de 2008: revistataturana.com.


Nessa sexta edição a taturana traz uma entrevista e uma análise do filme Ex-Isto, produção mais recente do realizador mineiro Cao Guimarães; um balanço dos filmes brasileiros apresentados no recente Festival de Gramado; um depoimento da diretora de fotografia Heloisa Passos (Viajo Porque Preciso, Volto Porque Te Amo), um ensaio fotográfico de Anderson Craveiro; um comentário visual sobre o clássico Cangaceiro, de Lima Barreto; um conto exclusivo criado para a taturana pelo escritor Marcos Losnak (editor da revista literária Coyote), a apresentação do documentário Galeria, dirigido pela londrinense Evelyssa Sanches; uma análise da obra da realizadora francesa Claire Denis; e um artigo inédito em português em que o diretor americano D. W. Griffith discute a linguagem do cinema. A revista, que será distribuída de forma gratuita no lançamento, conta com edição de Artur Ianckievicz, Roberta Takamatsu e Rodrigo Grota, projeto gráfico de Felipe Augusto e Guilherme Gerais, produção de Bruno Gehring, e colaboração gráfica de Anderson Craveiro, Bruno Bérgamo, Fábio Augusto, Katy Kakubo e Natália Turini.

Continua depois da publicidade


O filme


Produzido por Bruno Gehring e estrelado por Marco Hisatomi, o curta Haruo Ohara (PR, fic, cor e p&b, 16 min, HD>35mm, 2010) mostra a vida e a obra do imigrante, agricultor e fotógrafo japonês Haruo Ohara (1909-1999), que ao longo de 50 anos produziu cerca de 20 mil fotos de Londrina e região. O filme, patrocinado pelo Ministério da Cultura, encerra a Trilogia do Esquecimento (também conhecida como Trilogia de Londrina), série sobre a Londrina dos anos 1950 iniciada pelos curtas Satori Uso e Booker Pittman.

Mais informações sobre a revista taturana, o filme Haruo Ohara, e a Kinoarte nos sites revistataturana.com, pausaparaaneblina.com e www.kinoarte.com.br, ou nos telefones (43) 3026 6932 | (11) 3854 5630.


Continue lendo

Últimas notícias

Publicidade